Itaú (ITUB4) faz captação de R$ 750 milhões e busca criar grande gestora de investimentos

O banco desenvolveu um fundo multimercado para investir em gestoras independentes

Com a criação de um multimercado, o Banco Itaú (ITUB4) captou uma quantia de R$ 750 milhões. Assim, o banco tenciona a formação de um grande fundo de investimento independente.

Logo, com os recursos almejados, a instituição financeira deve oferecer capital de giro para gestoras que preveem potencial de crescimento e estimular elas com o capital semente (seed money).

Fundo multimercado 

Em suma, o fundo multimercado é desenvolvido para o banco investir em gestoras independentes, cuja o Itaú está em negociação. Portanto, os projetos devem ser revelados, em breve, pelos executivos.

Portanto, o multimercado é denominado de Rising Stars (estrelas em ascensão), que recebeu montante de seus clientes de alta renda, além de investidores institucionais do Brasil e do mundo afora. Contudo, a carteira se encontra fechada para captação.

Por fim, o Itaú busca disponibilizar consultoria para as gestoras, intencionando o crescimento para fazer parte do novo fundo, como um dos maiores fundos do país. Desse modo, a carteira deve pertencer ao Itaú Asset e Itaú Fund of Funds.

Resultados positivos do Itaú

O Banco Itaú atribuiu os resultados positivos ao que eles chamaram de “bom ritmo de crescimento em linhas de negócios como cartão de crédito, crédito consignado, além do forte crescimento do crédito imobiliário e financiamento de veículos”.

Dessa forma, houveram alguns outros resultados do segundo trimestre. O lucro líquido da empresa chegou a R$ 7,560 bilhões, significantemente mais alto do que os R$ 3,424 bilhões registrados no mesmo período de 2020.

Além disso, o Retorno Recorrente Gerencial sobre o Patrimônio Líquido Médio em 12 meses fechou o trimestre com 18,9%. Isso é o equivalente a uma alta de 5,4% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Itaú Unibanco lança Cartão Virtual Recorrente
Logo do banco Itaú

Último pregão de ITUB4

Na última cotação, nesta quarta-feira (8), os papéis do Itaú estavam avaliados em R$ 28,72, registrando uma queda de 4,7%.

Ao todo, as ações do banco já despencaram 8% no mês. No entanto, nos últimos doze meses, os papéis valorizaram 17%, apontando um saldo positivo.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais