Confira os 5 fundos imobiliários que mais renderam em 2021

Segundo a plataforma Smartbrain, 35% dos fundos negociados na B3 reportaram bons desempenhos em setembro

Os fundos imobiliário (FIIs) são considerados investimentos menos arriscados por alguns analistas, uma vez que costumam obter um rendimento ordinário. Além disso, normalmente, pagam dividendos mensais.

Por via de regra, a elevação da taxa Selic tende a prejudicar o rendimento dos fundos de investimentos imobiliários. Com efeito, os investidores acabam migrando para aplicações de renda fixa, que em um cenário como este, oferecem menos riscos e mais rendimentos.

No entanto, dessa vez, a alta da taxa ainda não afetou os fundos imobiliários. Pelo contrário, segundo Smartbrain, plataforma de controle e consolidação de investimentos, 35% dos ativos negociados na Bolsa de Valores brasileira reportaram bons desempenhos em setembro.

Entre os fundos, o que mais se destacou teve uma valorização de 18,37%. Além disso, aqueles direcionados a shoppings e outlets, por exemplo, obtiveram uma  rentabilidade de 28,94% no ano.

Pensando nisso, selecionamos os 5 fundos de investimentos imobiliários que mais renderam em 2021:

1 – Hectare CE FII (HCTR11)

Em primeiro lugar, o fundo de investimento imobiliário que apresentou maior rentabilidade aos seus investidores foi o Hectare CE FII. 

O ativo visa comprar e construir para alugar, com isso, gerando uma renda mensal aos cotistas. Sendo assim, este investimento pode ser tanto em títulos imobiliários quanto em valores imobiliários. 

Portanto, o fundo negociado na Bolsa de Valores se encontra no topo do ranking com um rendimento de 29,90% aos cotistas.  

2 – General Shopping e Outlets (GSFI11)

Em seguida, um fundo que se destacou por sua elevada rentabilidade foi o General Shopping e Outlets. Em resumo, o FII visa obter renda através de investimentos de ao menos 2/3 do Patrimônio Líquido em Shopping Centers e Outlets.

Portanto, esta modalidade acontece de maneira passiva, com destino total aos Investidores em geral. Desta forma, o prazo para sua rentabilidade possui duração indeterminada.

Neste ano, o fundo de investimento apresentou uma rentabilidade total de 28,94% aos seus investidores.

3 – BB Progressivo (BBFI11B)

Logo depois, tem o fundo de investimento imobiliário BB Progressivo (BBFI11B), que é direcionado para pessoas físicas e jurídicas que se interessam por investimentos a longo prazo. Logo, sua remuneração é a partir da locação de imóveis comerciais. 

Posto isso, o fundo distribui aos seus cotistas cerca de 95% dos lucros até o fim da primeira quinzena do mês. Sendo que, a remuneração mensal da administradora é de 5,10% em cima do total de receitas.

A propósito, neste ano, o BB Progressivo alcançou uma rentabilidade aos seus cotistas de 27,53%.

Fundos Imobiliários 2021

4 – BB Renda de Papéis Imobiliários II (RDPD11)

Em resumo, o Fundo BB Renda De Papéis Imobiliários II visa oferecer aos seus cotistas rentabilidade através de títulos, valores mobiliários e seus direitos adquiridos. Tais como, Letras de Crédito Imobiliário (LCI), Letras Hipotecárias (LH), cotas de outros FIIs, ações, debêntures, entre uma série de outros.

Sendo assim, este fundo imobiliário detém um prazo de duração de 15 anos, a contar a patir da primeira negociação neste investimento. No entanto, a liquidez pode acontecer antes mesmo do prazo estabelecido, sem prejuízos ao cotista.

Por tanto, em 2021, esta opção de investimento rendeu uma valorização de 26,14%.

5 – Habitat II FII (HABT11)

Por fim, tem o fundo de investimento imobiliário Habitat II FII (HABT11), onde seus investimentos são direcionados aos ativos de títulos e valores mobiliários.

Entretanto, o prazo deste fundo é indeterminado, que visa adquirir ativos financeiros de natureza imobiliária, com preponderância em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) lastreados em carteiras de recebíveis pulverizados.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais