Ambev (ABEV3) alcança lucro de R$2,9 bi no segundo trimestre e registra recorde de volume

Resultado superou em 130,4% o lucro obtido no mesmo período do ano passado

A Ambev (ABEV3), empresa brasileira do setor de produção de bebidas, obteve uma alta no lucro líquido do segundo trimestre de 2021. A companhia registrou um aumento de 130,4% comparado ao mesmo período no ano passado, alcançando R$ 2,93 bilhões.

Desse modo, a produtora de cervejas atingiu o maior volume consolidado já registrado entre os meses de abril e junho. Além disso, o desfecho do trimestre teve um impacto positivo de R$ 1,6 bilhões em créditos tributários.

O resultado veio da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de declarar inconstitucional a inclusão do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), baseado na cobrança do PIS/Cofins.

Desempenho no 2T21

Antes das cobranças de juros, impostos, depreciações e amortizações serem ajustadas no trimestre, o lucro obtido pela Ambev foi de R$ 5,289 bilhões. Isto é, um salto de 58%, e orgânico de 24%.

No entanto, a receita líquida registrada pela companhia foi de R$ 15,711 bilhões no segundo trimestre. Em comparação com o intervalo entre abril e junho de 2020, conseguiu uma alta de 35,3%.

A princípio, o alto desempenho do volume e o crescimento da receita líquida – aumento de 28,5% – impulsionou este desfecho da receita, segundo a Ambev.

Logo, no setor de cervejas no Brasil, a Ambev alcançou um crescimento de 12,7% nos volumes, para 20,2 milhões de hectolitros, com um salto de 25,8% na receita líquida.

Ambev (ABEV3) alcança lucro de R$2,9 bi no segundo trimestre e registra recorde de volume
Sede da Ambev no Brasil

Ponto de vista da Ambev

Portanto, a administração da companhia destaca excelente desempenho comercial no intervalo de abril e junho, obtendo recordes para os resultados deste período.

Desse modo, relacionam o cenário positivo ao plano estratégico consistente traçado pela companhia com base na inovação, plataformas tecnológicas e excelência operacional.

“Além de estarmos melhor preparados para enfrentar questões relacionadas à covid-19, estamos trabalhando para apoiar nossos clientes durante a reabertura econômica à medida que a vacinação avança e as restrições gradualmente diminuem nos países em que operamos”, afirma a Ambev.

Além disso, ao comparar com o mesmo período em 2020, destaca que neste trimestre seguiu registrando evolução no volume com 19,0%.

“A receita líquida cresceu 36,2% e a ROL/hl 14,5%, impulsionada por iniciativas de ‘premiunização’, inovação e gestão de receita. Nossas marcas acima do core continuam ganhando relevância em nosso portfólio em 5 dos principais mercados em que atuamos”, conclui a companhia.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais