Fundos têm captação líquida positiva de R$ 470,4 milhões até 7 de maio

Os fundos de investimento tiveram captação líquida positiva de R$ 470,4 milhões entre os dias 3 e 7 de maio, segundo dados da ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais). Esse número é a diferença entre os R$ 172,7 bilhões de aportes e R$ 172,3 bilhões de resgates no período.

Os multimercados tiveram o melhor desempenho, com saldo líquido de R$ 4,9 bilhões. Na sequência, aparecem os FIDCs com captação líquida positiva de R$ 2,4 bilhões, no entanto esse movimento foi influenciado por um único aporte na ordem de R$ 2,3 bilhões. A classe de ações encerrou a semana anterior com saldo de R$ 2,1 bilhões. Também tiveram captação líquida positiva: os fundos cambiais (R$ 477 milhões), os ETFs (R$ 79,3 milhões) e os FIPs (R$ 23,7 milhões).

Fundos

Os fundos de renda fixa registraram resgates líquidos de R$ 8,7 bilhões, enquanto os de previdência tiveram saídas de R$ 903,2 milhões.

Desde 1º de janeiro, a indústria acumula captação líquida positiva de R$ 133,9 bilhões e patrimônio líquido de R$ 6,3 trilhões.

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais