Número de fusões e aquisições em 2021 supera 2020

O mercado de fusões e aquisições está em alta. Segundo dados da Bloomberg, o primeiro trimestre deste ano acumulou um recorde de US﹩ 1,1 trilhão em negócios firmados no mundo todo. Foi o melhor começo de ano para o setor desde 1998.

Um levantamento da empresa de consultoria Alvarez & Marsal também confirma esse cenário promissor para M&A. No primeiro trimestre houve um aumento de 26% no número de transações em relação à média trimestral de 2020. A expectativa é que em todo o ano de 2021 o número de processos de M&A cresça 25%.

Fusões e Aquisições

As startups não ficaram de fora desse boom em fusões e aquisições. Segundo um estudo da Distrito, foram registradas 77 operações somente no começo deste ano. Em todo o ano de 2020, foram realizados 100 processos de fusões e aquisições, o que mostra que 2021 poderá superar esse número.

  • Só clique aqui se já for investidor

Diante desse cenário, gostaria de sugerir uma matéria sobre esse mercado e indicar algumas fontes com histórias muito interessantes:

5 aquisições no ano

Entre os destaques do Brasil sobre aquisições está a nuvini , holding de empresas SaaS, criada por Pierre Schurmann, que já anunciou cinco compras de empresas neste ano. A empresa tem como objetivo realizar 15 incorporações de startups no grupo até o final de 2021. Até 2025 a meta é realizar 85 aquisições, alcançando R﹩ 4 bilhões em faturamento e R﹩ 1 bilhão em Ebitda.

Inovação em M&A

Outra empresa que vem puxando o crescimento nesse setor de fusões e aquisições é a STARK , primeira M&ATech do Brasil. Desde julho de 2020, a STARK já assessorou o fechamento de seis transações, que totalizaram R﹩ 157 milhões. A empresa também cadastrou 234 teses com critérios de investimento dos principais fundos de venture capital e private equity, que somam R﹩ 15 bilhões, disponíveis para fusões e aquisições de empresas no Brasil.

Depois de ver seu faturamento aumentar 500% em 2020, a STARK já cresceu 900% em relação ao primeiro trimestre de 2021, após receber aporte da Bossanova, e segue na missão de tornar o M&A mais ágil e digital.

Atuação no middle market

Mais uma empresa que movimenta o setor é a Solstic Advisors , butique especializada em operações de M&A e em captação de recursos para empresas do segmento middle market, isto é, negócios de médio porte com faturamento anual de até R﹩ 500 milhões, principalmente localizados em cidades do interior do Brasil.

A Solstic Advisors concluiu 8 processos de M&A em 2020, totalizando 15 operações desde sua inauguração, em março de 2019. Com isso, superou a meta de crescimento financeiro e em números de operações em dois dígitos. Em 2021, a empresa projeta um crescimento de 20%.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais