HM Engenharia reporta alta de 28,01% no volume de vendas em 2020

A empresa encerrou o ano com recorde

A HM Engenharia, construtora do Grupo MOVER com atuação nos segmentos baixa renda e econômico, manteve em 2020 o alto volume no número de lançamentos, chegando a R$ 792 milhões, valor similar ao de 2019.

A empresa encerrou o ano com recorde no número de unidades vendidas, com 2.664 moradias e valor líquido de vendas de R$ 514 milhões, representando um aumento de 28,01% e 61,12% respectivamente, demostrando uma mudança no Ticket Médio das unidades vendidas de R$ 153 mil em 2019, para R$ 205mil em 2020.

No último ano, a empresa também registrou alta de 30% na Receita, alcançando R$ 382 milhões. Foi um ano de resultado positivo em relação a 2019, Lucro Líquido de R$ 9MM.

Para o Diretor Executivo Mauro Bastazin, os expressivos resultados evidenciam a solidez da empresa que, apesar do cenário de incerteza na economia brasileira, motivado pelas restrições impostas pela pandemia de Covid-19, obteve seu melhor resultado de vendas dos últimos cinco anos, dando continuidade à sua estratégia de crescimento.

Em 2020, a HM consolidou sua presença no estado de São Paulo com o lançamento de empreendimentos nos municípios de São Carlos, Guarujá, Hortolândia, Campinas – município sede da empresa – e Praia Grande. Em Extrema, Minas Gerais, a incorporadora fortaleceu sua marca com a abertura para vendas do segundo empreendimento, com 350 unidades. No total, em 2020 foram lançadas e disponibilizadas para vendas 4.507 unidades habitacionais.

HM Engenharia reporta alta de 28,01% no volume de vendas em 2020

HM Engenharia

Entre as principais iniciativas que possibilitaram o crescimento da HM no segmento de incorporação imobiliária está o investimento contínuo em inovação e tecnologia nos métodos construtivos.

A HM consolidou o uso da técnica de paredes de concreto moldadas in loco, que garantem melhor produtividade e eficiência no processo construtivo. Fortaleceu também a parceria com a empresa de engenharia TecVerde para o uso da tecnologia construtiva wood frame, produzidos em ambiente fabril.

Mais sustentáveis, os materiais garantem redução na geração de resíduos, melhor isolamento acústico e térmico e custos similares aos de empreendimentos que utilizam outras técnicas. Com obras já em andamento, a cidade de Paulínia será a primeira do estado de São Paulo a receber em grande escala casas produzidas com tecnologia off site, totalizando 152 unidades.

O primeiro empreendimento, o Brisa da Mata Park, já teve grande aceitação do mercado, resultando em 100% de suas 48 unidades vendidas.

Outros 104 sobrados, do Brisa da Mata Vilage, estão em fase inicial de vendas. Dessa forma, a HM mantém em seus projetos a opção de três métodos construtivos, que inclui ainda as paredes de alvenaria convencional, atendendo aos diferentes perfis e necessidades dos clientes.

Merece destaque ainda a ampliação do uso de Inteligência Artificial no processo de venda online que permite que todo o processo de compra seja feito de forma digital.

Após o primeiro contato via canais de relacionamento, a tecnologia identifica o interesse de compra e o perfil dos clientes e, após validação dos dados, as solicitações são enviadas automaticamente para equipe de vendas que realizam o atendimento. Da disponibilização de informações e negociação de valores até o envio da documentação e assinatura do contrato, tudo é feito de forma digital, garantindo agilidade e segurança aos clientes, que também podem acompanhar todas as etapas do processo de construção de forma remota e online.

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais