Grupo Albatroz fecha balanço de 2020 com faturamento de R$ 578 milhões

O Grupo Albatroz, uma das maiores empresas de segurança e facilities do país, fecha seu balanço de 2020 e anuncia um faturamento anual de R$ 578 milhões, um aumento de 10% no ano de 2021. Para o primeiro semestre, a Albatroz investirá em nova filial e expansão de atuação em Minas Gerais, em especial a Grande Belo Horizonte e Triângulo Mineiro. As duas unidades de negócios que mais devem crescer são segurança por meio de tecnologia e facilities (limpeza, jardinagem, manutenção, etc.).

Presente em 400 cidades brasileiras, predominantemente em São Paulo e Rio de Janeiro, e com mais de 13 mil funcionários, a Albatroz prevê crescimento nos setores de logística, varejo, financeiro, hospitalar e educacional, entre outros. Com a proposta de crescimento, a expectativa é a contratação de novos colaboradores. Diferente de muitas empresas do setor, que têm sido atingidas pela pandemia, a Albatroz se reestruturou para ter uma equipe de alta performance, ágil nas tomadas de decisão e na forma de atendimento ao cliente. “O cenário econômico brasileiro requer tomadas de atitude rápidas e revisão de estratégias constantes para manutenção do negócio”, conta Marco Antônio Borges, diretor do Grupo Albatroz.

Albabtroz

Seguindo o planejamento estratégico, a proposta da organização é aumentar a atuação no setor privado e garantir mais solidez. “A Albatroz possui uma forte atuação no setor público com clientes como Banco do Brasil, Conae, Caixa Econômica Federal e Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Nossa proposta era equilibrar a atuação em setores públicos e privados. Com isso, o processo de profissionalização e modernização em estratégias operacionais, como tecnologia, permitiu a entrada em clientes chaves como Grupo Pão de Açúcar, Mc Donald’s e XP Investimentos”, explica.

Outros dois focos de investimento para 2021 estão nas áreas de treinamento e tecnologia. O ano de 2020 foi marcado com o maior número de horas de capacitação da história da empresa. Para 2021, a meta é otimizar processos em termos de treinamentos, fazendo com que possamos atingir o objetivo anual. “Treinamento se tornou nosso grande alvo e desafio, porque o ser humano está em constante mudança e evolução. Precisamos mudar o mindset com relação à diversidade e novas estratégias de segurança e limpeza”, aponta.

  • Só clique aqui se já for investidor

Tecnologia

Com relação à tecnologia, a Albatroz está com uma área dedicada para pesquisa de inovação na área de segurança. Em 2020, trouxe ao mercado o Alba Body, que registra em tempo real as ocorrências e grava caso necessite rever alguma operação, por exemplo. “Para 2021, estamos observando, pesquisando e testando novas tecnologias para que ganhemos mais eficiência em operação e seja possível uma maior otimização de custos”, conclui Marco Antônio.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais