Endividamento continua sendo a maior preocupação dos brasileiros

Um ano depois do início da pandemia da Covid-19 no Brasil, a maior preocupação dos brasileiros das classes CDE continua sendo o endividamento. Segundo pesquisa encomendada pelo Banco PAN ao Instituto Plano CDE, 37% dos entrevistados de baixa renda tem o receio de não ter dinheiro para pagar as suas contas e 29% tem medo de ficar desempregado.

O nível de endividamento ainda é alto para a maioria. Mesmo com o auxílio emergencial disponibilizado pelo Governo Federal, 28% afirmam ter mais dívidas hoje do que em fevereiro de 2020, mês que antecedeu o período de isolamento social, e 45% afirmam que sua situação de dívidas não mudou.

Endividamento

De acordo com a pesquisa, em caso de dinheiro extra, a prioridade dos brasileiros de baixa renda é o pagamento de dívidas (37%) e a economia de dinheiro (43%). “Com a pesquisa conseguimos enxergar um reflexo das práticas de educação financeira adotada pelos bancos, inclusive o PAN, que investiu nesse pilar com maior recorrência no último ano” – afirma Pedro Romero, Superintendente Executivo do Banco Digital no PAN.

  • Só clique aqui se já for iinvestidor

O aumento do endividamento também se reflete na procura por crédito, sendo que 49% dos entrevistados afirmaram já terem pedido empréstimo em um banco, 11pp a mais do registrado pela pesquisa conduzida em 2019. E quando o valor solicitado foi aprovado, o crédito foi usado para o pagamento de dívidas (49%) e para ter um fôlego no orçamento familiar (18%).

A pesquisa foi realizada com 1.508 pessoas e tem margem de erro máxima de 2,1%, com intervalo de confiança de 95%.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais