Taesa (TAEE11): veja porque a ação da empresa é a mais recomendada para ganhar dividendos

Para alcançar solidez na carteira de investimentos, é necessário realizar uma seleção criteriosa dos ativos

O investimento em ações de empresas pode ser um bom meio de conseguir dividendos, sendo esta uma das estratégias mais comuns entre os investidores. Contudo, é fundamental traçar um bom plano e não apenas selecionar as empresas que pagam mais. 

Logo, para alcançar solidez na carteira de investimentos, é necessário realizar uma seleção criteriosa de ativos que farão parte do seu portfólio.

Neste mês de outubro, a Taesa (TAEE11) é a ação mais recomendada aos investidores que desejam captar proventos, com recomendação de mais de 6 especialistas. Portanto, a mesma aparece entre as ações com maior destaque. 

Captação de dividendos 

Em resumo, pelo quarto mês seguido, as ações da Taesa se encontram como as mais recomendadas no quesito distribuição de dividendos. Sendo assim, juntamente com as ações da Telefônica Brasil (VIVT3), a empresa oferece bons proventos aos acionistas.

Isso levando em consideração que o segmento de energia não depende apenas da demanda em si. Afinal, o processo de receitas são pré-estabelecidas, juntamente com os reajustes da inflação do país. Portanto, a companhia não detém dívidas ligadas ao dólar.

Sendo assim, entre todas as empresas listadas na Bolsa de Valores brasileira, a Taesa é a mais resiliente quando o mercado está extremamente volátil.

Desse modo, a companhia tenciona investir em novos projetos, para assim, seguir com a elevação payout. Com efeito, o pagamento de dividendos entre 2021 e 2022 está na casa dos 8,5%.

Taesa (TAEE11): veja porque a empresa é a mais recomendada para ganhar dividendos
Empresa da Taesa (TAEE11)

Sobre a Taesa (TAEE11)

Em suma, a Taesa é uma das maiores companhias privadas do setor de energia elétrica, que atua na área de transmissão. Assim, a empresa é direcionada a operação, manutenção e construção de ativos de transmissão, com 9.868 km de linhas e 909 subestações.

Marcando presença em mais de 15 estados do Brasil, com 36 concessões. Assim sendo, a companhia segue sendo considerada um negócio sólido na Bolsa, com um bom potencial de crescimento e geração de caixa. Além disso, oferece uma rentabilidade atrativa de proventos, estimados em 8,2% entre 2021 e 2023.

A propósito, a Taesa detém, aproximadamente, cerca de 1.033.496.721 bilhões de ações gerenciadas, sendo 63,4% em free float. Nesse ramo, possui concorrentes que oferecem energia elétrica na Bolsa de Valores, como a Engie Brasil (EGIE3) e Neoenegia (NEOE3).

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais