Taesa (TAEE11) reporta lucro de R$ 631,9 mi no 3ª tri, alta de 76,6%

A transmissora de energia elétrica Taesa (TAEE11) registrou lucro líquido de R$ 631,9 milhões no trimestre encerrado em setembro, com alta de 76,6% na comparação ano a ano, enquanto analistas projetavam em média ganho de R$ 225,40 milhões, segundo dados da Refinitiv.

De acordo com a Reuters, o lucro aumentou com a consolidação dos resultados das aquisições recentes de São João, São Pedro, Lagoa Nova, da conclusão dos reforços da Novatrans e da entrada em operação das concessões de Miracema, Mariana e EDTE, além de reflexo na receita de correção monetária.

Taesa (TAEE111) anuncia André Moreira como novo diretor-presidente

Ebitda

A companhia, controlada pela elétrica estatal mineira Cemig e pelo grupo colombiano Isa, registrou lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de 317,6 milhões de reais no período, com avanço de 15,4% ante mesma época de 2019.

O resultado operacional do terceiro trimestre ficou abaixo das expectativas de analistas, que apontavam para 336,8 milhões de reais.

Ágora Investimentos: small caps

A Ágora Investimentos indicou uma nova ação na carteira recomendada de small caps para novembro. Visando realizar os lucros recentes da Duratex (DTEX3), a corretora incluiu no portfólio a Taesa (TAEE11), ativo de menor beta e com boa distribuição de dividendos.

Empresa              Ticker    Setor     Peso

  • Qualicorp            QUAL3  Saúde   20%
  • Movida                MOVI3 Aluguel de veículos        20%
  • Tupy      TUPY3   Bens de capital 20%
  • C&A       CEAB3   Consumo/varejo             20%
  • Taesa    TAEE11 Energia elétrica                20%

“O segmento de transmissão de energia elétrica não depende da demanda por energia, uma vez que suas receitas são pré-estabelecidas, com reajustes por inflação (destacamos que a Taesa não possui dívida atrelada ao dólar). A empresa pode investir em novos projetos e ainda assim seguir com payout elevado, levando a um dividend yield na casa dos 8% em 2020/21″, destacou.

Outra razão que levou à entrada da companhia no portfólio é o valuation descontado.

Veja TAEE11 na Bolsa:

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais