SulAmérica (SULA11) reporta lucro líquido de R$2,3 bi em 2020, alta de 98,7%

A SulAmérica (SULA11) reportou lucro líquido de R$ 2,3 bilhões em 2020, alta de 98,7% em relação ao ano de 2019, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, o montante considera a venda das operações auto e massificados no terceiro trimestre do ano passado para a Allianz. Foi o maior lucro da história da companhia, com alta de 98,7% frente a 2019.

Já o lucro líquido anual das operações continuadas, que desconsidera o segmento vendido, alcançou R$ 797,2 milhões, uma queda de 22,9% frente a 2019. Segundo a seguradora, o recuo do lucro em 2020 veio na esteira da queda da taxa de juros.

SulAmérica (SULA11): lucro líquido salta 91% no no 2TRI
SulAmérica (SULA11): lucro líquido salta 91% no no 2TRI

SulAmérica: 2020

A SulAmérica afirma ter encerrado 2020 com mais de 7 milhões de clientes. Dessa base, 4,2 milhões são beneficiários em Saúde e Odonto. O crescimento nas carteiras de planos coletivos de saúde foi de 6,1% ou mais 130 mil membros.

As receitas operacionais atingiram R$ 5,3 bilhões no último trimestre de 2020, alta de 6,6% em relação ao mesmo período de 2019. No acumulado de 2020, totalizou R$ 20 bilhões, aumento de 6,3% em comparação ao ano anterior.

A margem bruta operacional de R$ 2,6 bilhões em 2020, significou crescimento 18,2% em relação ao anterior.

A SulAmérica Investimentos, braço de gestão de recursos, fechou o ano com R$ 45,9 bilhões de ativos sob gestão. Em previdência privada, as reservas atingiram R$ 9,4 bilhões, 17,2% superiores em relação a dezembro de 2019, impulsionadas, principalmente, por um saldo positivo de portabilidade líquida de aproximadamente R$ 700 milhões no ano.

Previdência privada

As receitas operacionais de previdência privada expandiram em 12% frente a 2019, refletindo o aumento das receitas nos produtos PGBL (15,7%) e VGBL (10,6%).

Seguro de vida

Já na operação de seguro de vida, as receitas operacionais do segmento apresentaram recuperação no último trimestre do ano, com aumento de 6,9% em relação ao mesmo período de 2019, totalizando R$ 130,2 milhões.

No ano, as receitas com seguro de vida somaram R$ 494,5 milhões, uma redução anual de 2,1%. Segundo a SulAmérica, a retração reflete os efeitos da covid-19, notadamente sobre as vendas de seguros viagem.

Veja SULA11 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais