A companhia Rede D’or (RDOR3) comunicou que vai pagar juros sobre o capital próprio (JCP), a informação consta em uma ata da reunião do conselho de administração. O valor bruto total é de R$ 254.773.928,84, correspondente a R$ 0,131155961074613 por ação ordinária.

Conforme a empresa, o montante total bruto dos JCP declarados será pago até o final do exercício social de 2021.

O pagamento dos JCP terá como beneficiários os acionistas detentores de ações ordinárias da companhia na data de 4 de janeiro de 2021.

A partir do dia 5 de janeiro de 2021 (inclusive), as ações passarão a ser negociadas ex-juros sobre o capital próprio.

A companhia estreou na B3 no dia 10 de dezembro de 2020. A companhia realizou abertura de capital levantando R$ 11,39 bilhões. O papel da companhia foi precificado a R$ 57,92.

Ipo: Rede D'Or quer R$ 100 bi; Banco Inter anuncia units

RDOR3: aquisições recentes

A Rede D’Or São Luiz continua expandindo sua operação por meio da aquisição de ativos.

O maior grupo hospitalar do País anunciou um mês atras a compra do Hospital de Clínicas Antônio Afonso, localizado no município de Jacareí, interior de São Paulo. A empresa não informou os detalhes financeiros da operação.

Segundo ela, o hospital possui 60 leitos com capacidade de realização de cirurgias de diversas especialidades, bem como a condução de consultas ambulatoriais e pronto atendimento.

Não para

A Rede D’Or São Luiz submeteu à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) um pedido de registro de IPO em outubro. O prospecto preliminar da oferta, divulgado em novembro, mostra que a operação tem potencial para ser a maior deste ano e a segunda maior da história do mercado de capitais brasileiro, ao mirar uma arrecadação de R$ 12,6 bilhões.

Enquanto trabalha na estruturação da oferta, a empresa permaneceu em busca de oportunidades no mercado. Em 18 de novembro, ela anunciou a compra do Hospital América, em Mauá, município da região metropolitana de São Paulo.

Antes, no dia 10 de novembro, a Rede D’Or São Luiz celebrou um memorando de entendimentos e protocolou no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) solicitação de aprovação para aquisição de 100% do Hospital Central de Guaianases, em São Paulo.

E ela também protocolou no Cade o processo e pedido de aprovação para a aquisição de 100% do Hospital Cárdio Pulmonar, de Salvador.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: