Presidente do Banco Central afirma que regularizar bitcoin é irrelevante

Segundo Roberto Campos Neto, presidente do BC, regulamentar “criptoativo”, é irrelevante para o Brasil hoje.

Campos Neto, presidente do Banco Central (BC), afirma que criar regras para o uso do bitcoin, ou outra criptomoeda não é interessante para o país.

Para ele, a lógica do dinheiro criptografado é justamente seu sistema descentralizado. Além disso, para o presidente do BC, os reguladores devem ficar atentos ao network em volta das criptomoedas,  pois ele pode melhorar o sistema financeiro.

Ao contrário do Brasil, que pretende não tomar nenhuma medidas drásticas contra o Bitcoin, A china repreende duramente o uso da moeda.

Economia de dados

De acordo com Campos Neto, no futuro vai haver um sistema de economia de dados, onde há compartilhamento de informações entre instituições, como no Open Banking, dessa forma, transformando o sistema econômico atual.

Para o sucesso no processo é imprescindível o uso da tecnologia do dinheiro criptografado, e isto tem que ser seguido pelos reguladores.

“Estamos caminhando para algo descentralizada, mais digital, com maior divisibilidade, e a regulação tem que acompanhar isso”, afirmou.

O atual presidente do BC citou para exemplificar sua tese, a integração do Open Banking em que as big techs, assim como as instituições de mídias sociais querem acessar os dados bancários e entram no mundo financeiro, mas, por outro lado, tornam difícil o acesso dos bancos ao seu próprio banco de dados.

Presidente do Banco Central afirma que regularizar bitcoin é irrelevante

Necessidade de regulamentar as criptomoedas

No Congresso Nacional há inúmeros projetos com o intuito de criar certas regras no uso de criptomoedas. Tanto na Câmara dos Deputados, quando no Senado, há cerca de seis propostas que foram apresentadas para o regimento da circulação de Bitcoin no Brasil.

A regulamentação foi levantada como necessidade, pois, além de possíveis golpes com as moedas digitais, parlamentares desacreditam que esse dinheiro seja vantajoso para a população.

Entretanto, recentemente, o Banco Central liberou diretrizes sobre o novo real digital, comparando a legalidade dele com as criptomoedas.

 

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais