“Saíram novos indícios de acusações do Trump, falando em manipulações de dados da Casa Branca, o que tem preocupado os mercados”

Os mercados abriram a quinta-feira animados, ainda refletindo a tendência de leve alta do Ibovespa e queda do dólar. A ameaça de impeachment do presidente Donald Trump não teve muita repercussão, sendo ofuscado pelas notícias de um possível acordo comercial entre China e Estados Unidos, além da liberação dos resultados do PIB americano, que prevê uma alta de 2%. Já no cenário interno, o Ibovespa subia 0,47% a 105.215 pontos, e o dólar sofreu leve queda de 0,48%, onde chegou a ser cotado em R$ 4,13.

Segundo Fernando Bergallo, Diretor de Câmbio da FB Capital, a alta do mercado se deve muito ao otimismo em relação a proximidade de um acordo entre Estados Unidos e China. “Acho que essa reação de queda do dólar, é um reflexo sobre um possível acordo comercial entre Estados Unidos e China, já que este se encontra mais perto, como disse o próprio Trump, no final do dia de ontem. Fora isso, o primeiro ministro chinês confirmou que a China concordou em comprar grandes quantidades de produtos americanos. Portanto, entre ontem e hoje, houve uma evolução muito grande nesse assunto, então o mercado parece estar precificando um acordo entre as duas maiores economias do mundo”, comenta o Diretor de Câmbio da FB Capital.

Jefferson Laatus, Estrategista-Chefe do Grupo Laatus, apontou os principais motivos para a virada nos mercados. “A queda da moeda americana teve uma série de fatores. Juntou-se a melhora do processo do impeachment do Trump, com as transcrições da conversa, que não se mostraram comprometedoras. Além disso, a aproximação entre Paulo Guedes, Alcolumbre e Maia, são fatores positivos para o andamento tranquilo da reforma previdenciária no senado”, explica. Segundo Laatus essa tendência de queda já começa a mudar por conta de novas acusações ao presidente americano que ocorreram nesta manhã. “Saíram novos indícios de acusações do Trump, falando em manipulações de dados da Casa Branca, o que tem preocupado os mercados. Foi possível ver o dólar abrir em queda, porém ele está ameaçando voltar um pouco. Outros índices como o S&P também estão devolvendo ganhos e entrando em queda. Então é necessário se atentar, pois esse fator do impeachment ainda deve dar muito o que falar”, finaliza o Estrategista-Chefe do Grupo Laatus.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: