Petrobras (PETR4) registra lucro de R$ 42,85 bi no segundo trimestre e surpreende o mercado

O resultado se deu diante de um cenário com um forte avanço nos preços do petróleo e de alta nas vendas de combustíveis

Nesta quarta-feira (4), a Petrobras (PETR4) divulgou o lucro líquido do segundo trimestre do ano, com um alcance de R$ 42,855 bilhões. Em comparação com o mesmo período em 2020, sofreu um déficit de R$ 2,7 bilhões.

O resultado se deu diante de um cenário com um forte avanço nos preços do petróleo e alta nas vendas de combustíveis. Portanto, o lucro superou as expectativas do mercado financeiro, que previam um valor de R$ 30,7 bilhões.  Além disso, após o anúncio, as ações da empresa subiram mais de 8%, cotadas a R$ 28,52.

Rendimento da Petrobras

Desse modo, no segundo trimestre, o petróleo Brent (Mar do Norte) registrou uma média de US$ 68,83 por barril. Assim, em relação ao mesmo período em 2020, no apogeu da pandemia, houve uma alta de 135,7%.

Entretanto, as exportações subiram 8%, indo para 743 mil barris por dia, diante do avanço dos preços. A propósito, os derivados do petróleo no mercado interno registraram crescimento, resultando no segundo semestre, em 1,759 milhão de barris por dia. Isto é, uma alta de 17,7% no mesmo intervalo em 2020.

Logo, o endividamento líquido da Petrobras foi reduzido para R$ 53,26 bilhões. Ou seja, 25,2% a menos em comparação com o ano passado. Uma vez que, a receita com vendas encerrou em R$ 110,71 bilhões, um avanço de 117,5% ante o segundo trimestre do ano.

Petrobras (PETR4) registra lucro de R$ 42,85 bi no segundo trimestre e surpreende o mercado
Petrobras registra lucro líquido do segundo trimestre

Lucros da Petrobras

Em suma, com o avanço dos preços, a receita líquida da Petrobras atingiu R$ 110,710 bilhões. Ou seja, um crescimento de 117,5% em comparação com o mesmo período em 2020.

O lucro correspondeu a uma alta de 3.572,2% se comparado ao primeiro trimestre de 2021. Contudo, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) regulado ficou em R$ 61,93 bilhões, um crescimento de 147,9%, em comparação com o segundo trimestre do ano passado.

Posto que, no primeiro trimestre de 2021, o lucro da Petrobras foi de R$ 1,167 bilhão. No entanto, este avanço entre os trimestres se reproduziu em maiores volumes de vendas de óleos e derivados no mercado, exportações, maiores margens de derivados. Além disso, os ganhos cambiais em razão da valorização do real frente ao dólar.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais