O BB Investimentos atualizou a Petrobras (PETR3, PETR4) em seu portfólio, mantendo a recomendação de compra, mas reajustando o preço-alvo de R$ 18,64 para R$ 30, além de potencial de valorização em 60,9%.

Conforme a gestora, a Petrobras divulgou seu resultado do terceiro trimestre de 2020 muito positivo. “Houve no período uma robusta geração de caixa, suportada por bons dados operacionais, dada a recuperação na demanda por derivados de petróleo e a melhoria no fator de utilização das refinarias, além de redução de custos e diminuição do endividamento em dólar”, informou.

Petrobras (PETR4) inicia a venda de unidade de fertilizante no Paraná

Destaques

Para o BB Investimentos, a produção de O&G atingiu 2.952 Mboe/d no terceiro trimestre de 2020, um crescimento de 5,4% t/t, ocasionado principalmente pela maior eficiência das plataformas no campo de Búzios e pelo ramp up da plataforma P-70, no campo de Atapu, além do retorno operacional de plataformas que haviam sido paralisadas no segundo trimestre de 2020 por conta do surto de Covid-19.

No segmento de refino, houve uma recuperação no fator de utilização, que chegou a 83%, ante 70% no segundo trimestre de 2020 e 80% no segundo trimestre de 2019.

“Tanto a produção total de derivados, quanto as vendas de derivados, tiveram aumentos na ordem de 18% t/t, demonstrando uma sólida recuperação, evidenciada pelas vendas de gasolina, que tiveram uma alta de 33% t/t, bem como de diesel, cuja elevação nas vendas foi de 18% t/t”, frisou.

Petrobras (PETR3, PETR4): BB Investimentos reajusta preço-alvo para R$ 30

PETR4: Finanças

A receita líquida atingiu R$ 70,7 bilhões, uma elevação de 39% t/t, suportada pela elevação no volume de produção e pela retomada nas vendas de derivados, além de contar com o forte efeito da recuperação dos preços do petróleo tipo Brent, que teve uma valorização em reais de 48% no período.

As despesas com vendas caíram 6,6% t/t, apesar de o consolidado das despesas ter aumentado 83% t/t, por conta de eventos não recorrentes, como a adesão ao programa de anistia fiscal (impacto de R$ 1,9 bilhão), além da existência de ganhos extraordinários no segundo trimestre de 2020, prejudicando a comparação.

“De todo modo, observando apenas os itens recorrentes, o trimestre apresentou dados positivos. O fluxo de caixa livre da companhia foi de R$ 40,1 bilhões, uma impressionante alta de 154% t/t. Tal volume ajuda a entender a alteração recente promovida na política de dividendos, pois indica que a companhia pretende distribuir parte dessa geração de caixa aos acionistas (mais sobre o assunto na próxima página)”, elencou.

Volume

Segundo o BB, esse volume de geração de caixa colaborou na redução do endividamento, que chegou a US$ 79,6 bilhões, -8,6% t/t. O EBITDA alcançou R$ 33,4 bilhões, uma elevação de 33% t/t, superando as expectativas do consenso de mercado em cerca de 9%, beneficiado pelo aumento nas vendas e nos preços de petróleo, ainda que os crack spreads1 de petróleo tenham sido menores, dado o elevado nível de estoques globais. Em suma, um excelente trimestre em termos econômico-financeiros.

Veja PETR4 na Bolsa:

Petrobras (PETR4): justiça extingue ação de hipoteca judiciária da Previ
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: