Número de pessoas físicas na Bolsa continua a crescer apesar de queda no mercado, diz XP

Em fevereiro, o número de investidores pessoas físicas (PFs) na Bolsa brasileira atingiu 3.344.847. Em relação ao mês anterior, houve aumento de 3,6% e, comparado a 2019, quando encerrou o ano com 1.681.033 contas ativas na B3, houve alta expressiva de 99,0%.

A análise é da XP Investimentos, para quem em relação à posição total desses investidores PFs, houve uma desacelerarão no ritmo de crescimento no início de 2021 quando comparado ao movimento visto nos últimos meses de 2020, em que a posição total cresceu +11,4% M/M e +6,6% M/M em novembro e dezembro, respectivamente.

PSSA3, RAPT4, RDOR3 E SIMH3 são as novidades da carteira de fevereiro da Planner

Bolsa: fevereiro

De acordo com a XP, em fevereiro houve redução nesse número, com a posição total reduzindo -0,8% M/M, chegando à R$449,9 bilhões. “Na nossa visão, essa diminuição no ritmo de crescimento da posição de PFs pode ser relacionada à queda do Ibovespa que vem ocorrendo desde o começo de janeiro deste ano, com o índice fechando fevereiro em queda -12,0% desde o pico no dia 08/01, decorrente de preocupações fiscais e o aumento dos riscos políticos, como mencionamos no Raio-XP da Bolsa”, destacou.

E disse mais: “no entanto, é válido mencionar que, quando comparamos esse valor de fevereiro (R$449,9 bilhões) com a posição no final de 2019 (R$344,0 bilhões), vemos um aumento considerável de +30,8%, o que reflete a evolução do mercado de ações brasileiro que temos visto nos últimos anos. Na nossa visão, esse movimento está alinhado não apenas com a melhora da educação financeira no país, mas também com os consecutivos cortes na Taxa Selic, fazendo com que o investidor tenha que sair da Renda Fixa e migrar para Renda Variável em busca de uma maior rentabilidade nos seus investimentos.”

O relatório é assinado pelo Estrategista Chefe e Head do Research Fernando Ferreira, e pela Analista ESG da XP Inc,. Marcella Ungaretti.

“Analisando o saldo por investidor, após termos visto um leve aumento em janeiro (+0,2% M/M), no mês de fevereiro voltamos a ver uma queda neste número, que recuou -4,2% M/M. Essa redução é observada desde 2017, indicando uma crescente presença de pequenos investidores que estão iniciando seus investimentos em ações – o que vemos como um bom sinal. Em dezembro de 2017, o saldo era de R$ 267,9 mil por indivíduo, valor este que se compara à R$ 134,5 mil em fevereiro deste ano, equivalente à uma redução de -49,8%”, disseram.

Bolsa: fevereiro

De acordo com a XP, em fevereiro houve redução nesse número, com a posição total reduzindo -0,8% M/M, chegando à R$449,9 bilhões. “Na nossa visão, essa diminuição no ritmo de crescimento da posição de PFs pode ser relacionada à queda do Ibovespa que vem ocorrendo desde o começo de janeiro deste ano, com o índice fechando fevereiro em queda -12,0% desde o pico no dia 08/01, decorrente de preocupações fiscais e o aumento dos riscos políticos, como mencionamos no Raio-XP da Bolsa”, destacou.

E disse mais: “no entanto, é válido mencionar que, quando comparamos esse valor de fevereiro (R$449,9 bilhões) com a posição no final de 2019 (R$344,0 bilhões), vemos um aumento considerável de +30,8%, o que reflete a evolução do mercado de ações brasileiro que temos visto nos últimos anos. Na nossa visão, esse movimento está alinhado não apenas com a melhora da educação financeira no país, mas também com os consecutivos cortes na Taxa Selic, fazendo com que o investidor tenha que sair da Renda Fixa e migrar para Renda Variável em busca de uma maior rentabilidade nos seus investimentos.”

O relatório é assinado pelo Estrategista Chefe e Head do Research Fernando Ferreira, e pela Analista ESG da XP Inc,. Marcella Ungaretti.

“Analisando o saldo por investidor, após termos visto um leve aumento em janeiro (+0,2% M/M), no mês de fevereiro voltamos a ver uma queda neste número, que recuou -4,2% M/M. Essa redução é observada desde 2017, indicando uma crescente presença de pequenos investidores que estão iniciando seus investimentos em ações – o que vemos como um bom sinal. Em dezembro de 2017, o saldo era de R$ 267,9 mil por indivíduo, valor este que se compara à R$ 134,5 mil em fevereiro deste ano, equivalente à uma redução de -49,8%”, disseram.

Número de pessoas físicas na Bolsa continua a crescer apesar de queda no mercado, diz XP

Bolsa: por idade

Ainda de acordo comm os especialistas, a maioria dos investidores da Bolsa encontram-se na faixa etária dos 26 a 35 anos (32,8% em fevereiro, com 1.097.820 contas ativas), seguida da faixa etária dos 36 a 45 anos (28,0% em fevereiro, com 936.530 contas ativas).

Segundo dados da B3, em 2013 a porcentagem de investidores entre 25 e 39 anos era de 19% contra 56% de investidores com mais de 60 anos. Recentemente, essa relação se inverteu, com pessoas com mais de 56 anos representando apenas 15,1% na Bolsa em fevereiro. Isso sugere que o público mais jovem está cada vez mais cuidando de suas finanças.

Nos EUA, Senado começa a analisar hoje formalmente o pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão proposto pelo presidente Joe Biden.  Na zona do euro, a taxa de desemprego ficou inalterada em janeiro contra dezembro, em 8,1%, e as vendas no varejo recuaram 5,9% em janeiro.

Número de pessoas físicas na Bolsa continua a crescer apesar de queda no mercado, diz XP

Concentração

Os estados que possuem maior número de investidores na Bolsa são: 1) São Paulo (1.290.329 contas, +3,3% M/M, 38,6% do total), 2) Rio de Janeiro (353.418 contas, +2,8% M/M, 10,6% do total), 3) Minas Gerais (330.391 contas, +4,1% M/M, 9,9% do total), 4) Paraná (210.495 contas, +4,4% M/M, 6,3% do total), 5) Rio Grande do Sul (187.101 contas, +3,6% M/M, 5,6% do total) e 6) Santa Catarina (161.400 contas, +4,4% M/M, 4,8% do total). Isso mostra ainda a concentração no eixo Sul-Sudeste do país, principalmente na primeira região Sudeste. Os estados de SP, RJ e MG juntos possuem 59,0% do total de investidores, 42,3 pontos percentuais (p.p.) à frente de PR, RS e SC somados (16,7%).

Número de pessoas físicas na Bolsa continua a crescer apesar de queda no mercado, diz XP

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais