A Movida (MOVI3) anunciou ontem (23) que seu conselho de administração aprovou a distribuição de juros sobre o capital próprio para os acionistas. O pagamento será de R$ 44 milhões.

De acordo com a empresa, os investidores que quiserem receber o provento deverão ter as ações ordinárias MOVI3 em carteira no fechamento do pregão de 5 de janeiro de 2021. Os papéis entram em ex-juros no dia seguinte, 6 de janeiro.

Movida (MOVI3) reporta lucro líquido 38% menor no 3º tri,

Valor bruto

Conforme comunicado, a locadora de veículos deverá remunerar os acionistas com o valor bruto de R$ 0,147812349 por ação. O provento tem incidência de alíquota de 15% de imposto de renda.

O montante representa um rendimento (yield) de 0,74% sobre o valor de fechamento de R$ 19,97 do papel.

O pagamento deverá ocorrer em 1º de julho de 2021, se aprovado pela assembleia ordinária.

BTG

A Movida (MOVI3) contratou o BTG Pactual (BPAC11) como formador de mercado de suas ações, de acordo com o fato relevante enviado ao mercado dia 11. O BTG iniciará as atividades da função na segunda-feira.

Segundo a Movida, a contratação tem como objetivo fomentar a liquidez das ações.

O contrato celebrado entre ambas as empresas tem período de duração de seis meses, com possibilidade de rescisão a qualquer momento mediante comunicação escrita com, no mínimo, 30 dias de antecedência, sem ônus por qualquer uma das partes.

A empresa

Adquirida em 2013 pelo Grupo JSL, faz parte da empresa Movida Participações, criada em 2015 para administrar as operações de Aluguel de Carros, Venda de Seminovos e de Gestão de Terceirização de Frotas de veículos leves.

Veja MOVI3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: