A Itaúsa (ITSA4) comunicou, via fato relevante, na noite desta quinta-feira (10) que que o conselho de administração aprovou a 3ª emissão de debêntures não conversíveis em ações, no montante de R$ 1,3 bilhão.

A companhia é uma holding brasileira que controla o Banco Itaú, Duratex, Alpargatas, NTS e Itautec; além de outros empreendimentos. É o segundo maior grupo privado do país.

Segundo o documento, o recurso será usado, em grande parte, para aporte na Copagaz Distribuidora de Gás, para viabilizar a aquisição da Liquigás Distribuidora.

Itausa (ITSA4): lucro cai mais de 75% no segundo trimestre
Itausa (ITSA4): lucro cai mais de 75% no segundo trimestre

Recomposição do capital

Em relação aos recursos remanescentes, o documento explica que serão utilizados para recomposição do capital de giro da companhia.

Também esta semana a Itaúsa aprovou a declaração de juros sobre o capital próprio no valor de R$ 0,10165 por ação.

Entretanto, o documento lembra sobre a retenção de 15% de imposto de renda na fonte. Nesse sentindo, os juros líquidos pagos serão de pouco mais de R$ 0,086 por ação da companhia.

Os JCP serão pagos aos acionistas até o dia 30 de abril de 2021, com base na posição acionária final de hoje.

3º tri

A companhia apresentou um lucro líquido de R$ 1,784 bilhão no terceiro trimestre deste ano, um recuo de 8,1% ante o resultado de R$ 1,941 bilhão apurado no mesmo período de 2019.

O resultado das empresas investidas na Itaúsa entre os meses de julho e setembro, saiu de R$ 2,010 bilhões em 2019 para R$ 1,847 neste ano.

A receita de venda de bens e serviços, por sua vez, cresceu de R$ 1,308 bilhão de julho a setembro do ano passado para R$ 1,778 bilhão em 2020.

Já as ações da holding, negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) encerraram o pregão desta quinta-feira em queda de 0,70%, a R$ 11,42.

Veja ITSA4 na Bolsa:

https://youtu.be/w_B42Di3moU

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: