O IRB Brasil (IRBR3) deverá fornecer a lista de investidores à associação de investidores, conforme determinação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

 Isso porque o colegiado da CVM aceitou recurso do Instituto Empresa contra a decisão do IRB de não fornecer o documento.

Segundo o Valor, o pedido se pautou no artigo 100 da Lei 6.404.

IRB (IRBR3) reporta prejuízo de R$ 685 mi no segundo trimestre

IRBR3: a decisão

A decisão ocorreu no dia 25 de agosto e foi publicada no informativo do colegiado, no site da CVM.

A direção da CVM acompanhou as conclusões da Superintendência de Relações com Empresas (SEP), mas o IRB havia recorrido.

O artigo 100 da Lei fala do acesso a lista “a qualquer pessoa, desde que se destinem a defesa de direitos e esclarecimento de situações de interesse pessoal ou dos acionistas ou do mercado de valores mobiliários”.

IRBR3: legítimo interesse

Em março de 2018, a autarquia entendeu que uma associação ou entidade pode obter a relação desde que comprove o “legítimo interesse” na situação a ser esclarecida.

Para obter tal permissão, a organização precisa comprovar que possui acionistas da companhia em questão entre seus membros.

O pedido de acesso a lista foi feito pelo Instituto Empresa, uma entidade sediada em Porto Alegre (RS).

A associação disse que demonstrou possuir, entre seus associados, antigos e atuais acionistas do IRB.

Com a lista em mãos, a ideia é procurar outros investidores que se sentiram lesados pela companhia para tomar “uma série de medidas”.

Ações

A gestora de fundos Squadra segue com posição vendida nas ações do IRB (IRBR3) mesmo depois da vertiginosa queda 76,8% no acumulado de 2020.

As cartas da Squadra viraram leitura obrigatória depois que a gestora divulgou um estudo em fevereiro para sustentar sua posição vendida nos papéis do IRB.

A gestora apontou que os resultados da empresa de resseguros eram inflados por receitas não-recorrentes, ou seja, que não se repetiriam no futuro.

Veja IRBR3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: