Ibovespa Futuros abre em alta, seguindo exterior; dólar vai a R$5,84 após evento Lula

O Ibovespa Futuros abriu em alta e avançava 1,7% perto das 9h10, seguindo o exterior mais propício ao risco, após a forte reação negativa da véspera à decisão do ministro Edson Fachin, que anulou as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça do Paraná, tornando-o novamente elegível a cargos públicos.

O EWZ, principal ETF brasileiro negociado no pré-mercado em Nova York, caía 0,42%, enquanto o dólar futuro subia 0,82%, a R$ 5,8258.

Lá fora, os futuros dos índices retornavam dos fortes recuos dos últimos pregões com uma pausa na alta dos rendimentos dos títulos da dívida americana. O Dow Jones Futuros, o S&P 500 Futuros e o Nasdaq 100 Futuros subiam 0,5%, 0,96% e 2,13%, respectivamente. (Ibovespa).

Bolsas globais operam em queda com investidores adotando cautela, diz BTG

Ibovespa ontem

Ontem, o índice fechou em queda de 4% por turbulência pelo cenário político à frente. Segundo analistas consultados pelo Investing.com, os receios sobre a decisão do ministro do STF são de que o processo eleitoral, que já está no radar para tomar força a partir do segundo semestre deste ano, fique mais conturbado com o antagonismo PT x Bolsonaro paralisando o processo do Congresso para a aprovação de reformas estruturais da economia.

Agora há pouco, o IBGE divulgou uma alta 0,6% no setor de serviços em janeiro, contra expectativa de avanço de 0,2% na base mensal. A alta ficou acima da leitura anterior, de queda de 0,2%. No ano, o indicador recuou 4,7%

A alta do petróleo no exterior pode ajudar a mitigar parte do sentimento de aversão ao risco em relação ao Brasil, com os contratos WTI e Brent de petróleo negociados em altas acima de 1,3%. Já o minério de ferro negociado no porto de Qingdao, na China, despencou 5,7%, para US$ 164,41.

Ibovespa – Dólar

O dólar avançava contra o real nos primeiros negócios desta terça-feira, chegando a superar a marca de R$ 5,84 nos primeiros minutos de pregão, com os investidores elevando a busca por segurança após a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin de anular condenações impostas ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A medida devolve ao petista seus direitos políticos e poderá, se mantida, embaralhar a sucessão presidencial de 2022, gerando entre alguns investidores temores de polarização e, entre outros, de fortalecimento ainda maior de uma agenda populista.

Às 9:12, o dólar avançava 0,80%, a R$ 5,8247 na venda, enquanto o contrato mais negociado de dólar futuro tinha queda de 0,88%, a R$ 5,830.

Na véspera, a divisa norte-americana à vista registrou alta de 1,66%, a R$ 5,7787 na venda, máxima desde desde 15 de maio do ano passado.

O Banco Central anunciou para esta sessão leilão de swap tradicional para rolagem de até 16 mil contratos com vencimento em junho e dezembro de 2021.

  • Só clique aqui se já for investidor

Ibovespa – noticiário

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira que o mundo tem interesse em conter a disseminação da variante brasileira do coronavírus, que tem maior transmissibilidade do vírus, e que, por isso, há mais espaço para a negociação de vacinas.

A vacina desenvolvida pela Pfizer em parceria com a alemã BioNTech contra a Covid-19 foi capaz de neutralizar uma variante do coronavírus que está se espalhando rapidamente pelo Brasil, de acordo com um estudo de laboratório que foi publicado na revista científica New England Journal of Medicine nesta segunda-feira.

O presidente Jair Bolsonaro negocia com deputados a desidratação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) emergencial, que autoriza uma nova rodada de auxílio a vulneráveis, para liberar a possibilidade de progressão e promoção de servidores públicos em novas situações de crise. Também estão sendo negociadas outras mudanças no texto que foi aprovado pelo Senado na semana passada, como a retirada da necessidade de o governo apresentar um plano para redução de subsídios e isenções.

Empresas

  • Marfrig (MRFG3) reportou lucro líquido recorde de R$ 3,3 bilhões para 2020, uma disparada ante os R$ 218 milhões registrados no ano anterior, com forte participação da operação da empresa na América do Norte, informou a companhia na segunda-feira.
  • Eletrobras (ELET3) – O presidente Jair Bolsonaro afirmou que deu carta branca para que o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, sugerisse nomes para a presidência da Eletrobras, mas afirmou que ele é quem baterá o martelo sobre a indicação.
  • Magazine Luiza (MGLU3) viu seu lucro líquido crescer 40% no quarto trimestre, uma vez que o grupo varejista seguiu se beneficiando do salto do comércio eletrônico, segmento no qual ampliou a prateleira de produtos, apostando na mudança de hábito dos consumidores na esteira da pandemia da Covid-19.
  • Gol (GOLL4) informou ontem que teve consumo líquido de caixa de R$ 3 milhões por dia em fevereiro, uma vez que seguiu enfrentando os efeitos de uma segunda onda da pandemia da Covid-19.
  • Hermes Pardini (PARD3) comunicou ontem que alcançou a realização de três milhões de exames para diagnóstico da Covid-19 em todo o país. Foram mais de dois milhões do exame RT-PCR, com capacidade para realizar 20 mil testes/dia. A companhia diz que o índice de testes positivos nos três últimos meses foi maior do que a média mensal (28%) de 2020.
  • Localiza (RENT3) – Considerando principalmente os resultados do quarto trimestre e mudanças no cenário macroeconômico do Brasil, além do fortalecimento da segunda onda da pandemia de Covid-19 no país, o Goldman Sachs rebaixou seu preço-alvo para a Localiza, de R$ 73,20 para R$ 68,30, mantendo recomendação de Compra.
  • Smiles (SMLS3) registrou lucro líquido de R$ 89,823 milhões no quarto trimestre de 2020, perda de 50% em relação ao mesmo período do de 2019, quando havia obtido lucro de R$ 179,536 milhões. Em todo o ano passado, o lucro líquido foi R$ 195,957 milhões, queda de 67,7% ante 2019.
  • Petz (PETZ3) registrou lucro líquido de R$ 27,417 milhões no quarto trimestre do ano passado, alcançando alta de 65,1% em relação ao mesmo período de 2019. No acumulado de 2020, a empresa quase dobrou o lucro líquido, para R$ 74,197 milhões.

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais