O Grupo Prosegur é a primeira empresa global de segurança a entrar no mercado de criptoativos e a oferecer um modelo e serviço abrangente, incluindo apólice de seguro voltada ao mercado digital.

Segundo a companhia, o novo serviço chama-se Prosegur Crypto e baseia-se em um modelo de custódia único que combina as infraestruturas e protocolos de segurança do Grupo Prosegur com as mais recentes tecnologias de criptografia e cibersegurança.

“A solução conta com um sistema pioneiro de armazenamento a frio (offline) que nunca se conecta à Internet, oferecendo máxima proteção contra qualquer tipo de ataque cibernético”, informou a empresa.

Criptomoedas

O serviço

De acordo com a Prosegur, o serviço é direcionado a clientes corporativos que gerenciam ou investem em ativos digitais e exigem o máximo de recursos de custódia de segurança.

“Desta forma, a Prosegur Crypto oferecerá aos seus clientes a possibilidade de armazenar criptomoedas ou qualquer outro ativo digital e geri-lo através de aplicativo móvel de forma totalmente segura”, elencou.

A empresa

A empresa se posiciona como uma companhia que combina os mais altos padrões em segurança física, área na qual o Grupo Prosegur é líder mundial, com tecnologias de segurança criptográfica de última geração.

“As chaves privadas dos usuários são armazenadas em uma infraestrutura física da companhia, sem conexão à Internet, e os ativos sob custódia são protegidos por criptografia de nível militar e camadas de segurança lógica”, frisou.

E acrescentou: “ambos os recursos tornam a Prosegur Crypto a solução mais segura e abrangente do mercado e fazem a diferença com qualquer outro serviço de custódia existente.”

CEO

CEO da Prosegur Crypto, Raimundo Castilla disse que a plataforma satisfaz uma necessidade real e urgente que existe hoje no mercado. “Com esta proposta única, oferecemos uma solução de custódia abrangente e confiável com o nível de proteção e demanda exigidas pelas empresas e instituições.”

Segundo ele, o sistema exclusivo de armazenamento e gerenciamento da Prosegur Crypto permite que instituições financeiras, agências governamentais, gestores de fundos de investimentos, empresas familiares ou bolsas executem o processo de gerenciamento de seus ativos digitais, incluindo o envio de transações em blockchain, offline direto para a Internet, maximizando a proteção contra qualquer tipo de ataque cibernético. Em apenas um ano, os ataques cibernéticos a ativos baseados em blockchain mais do que quadruplicaram.

Se em 2018 as perdas foram estimadas em 1 bilhão de dólares, em 2019 elas chegaram a 4,6 bilhões, o que torna a segurança dos ativos digitais ainda mais crítica.

Paralelamente, as grandes instituições que atuam no setor de criptomoedas também crescem em ritmo acelerado. “Existem poucos guardiões institucionais capazes de fornecer um nível adequado de proteção. A Prosegur Crypto visa liderar este mercado como o parceiro mais seguro e confiável para investidores institucionais”, afirmou.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: