A Companhia de Ferro Ligas da Bahia, ou Ferbasa (FESA4), informou que assinou compromisso de aquisição de energia elétrica com a AES Brasil (TIET11).

O fato relevante foi encaminhado ao mercado nesta terça-feira (12), e destaca que “firmou Memorando de Entendimentos com a AES Tiete Energia S/A, o qual vincula a Companhia aos termos e condições comerciais para aquisição de energia elétrica, no volume de 80MW médios, pelo prazo de 20 anos, com início de fornecimento a partir de 2024”.

Ferbasa (FESA4) vai adquirir energia elétrica da AES Brasil (TIET11) a partir de 2024

Memorando

De acordo com o documento, as partes, a partir da assinatura do memorando, iniciam a negociação do contrato de compra e venda de energia elétrica que detalhará os compromissos já firmados no Memorando e estabelecerá cláusulas essenciais à celebração do negócio.

A companhia informa, ainda, que a aquisição do citado volume de 80MW médios não representa aumento de capacidade produtiva, mas estratégia de redução no custo da energia em seu portfólio de contratos.

Por conta disso, a companhia reitera seu compromisso com as melhores práticas de governança corporativa e manterá seus acionistas, investidores e o mercado em geral devidamente informados, nos termos da legislação aplicável.

Ferbasa (FESA4) vai adquirir energia elétrica da AES Brasil (TIET11) a partir de 2024

JCP

A Ferbasa aprovou o pagamento de R$ 18 milhões em juros sobre o capital próprio, mostra documento enviado ao mercado.

Segundo o comunicado, o valor bruto por ação será de R$ 0,20422125646 para os papéis ordinários e R$ 0,22464338211 por ação preferencial, a serem pagos a partir do dia 19 de fevereiro de 2021.

As ações passam a ser negociadas “ex-juros sobre o capital próprio” em 30 de dezembro.

A Ferbasa

A Ferbasa (Cia Ferro Ligas da Bahia) exerce atividades nas áreas de mineração, metalurgia, geração de energia elétrica renovável e produção florestal.

Com a verticalização de suas operações, a Ferbasa possui aproximadamente 95% das reservas de cromita (matéria-prima do ferrocromo) do Brasil. Ela conta também com uma planta voltada à produção de cal virgem e mais quatro minas de quartzo. Sua planta metalúrgica possui 14 fornos de redução.

Os produtos da empresa abarcam quatro categorias principais de ferroligas. As ligas de ferrocromo, que se subdividem em alto e baixo carbono; e o ferrossilício, que se subdivide nas categorias cromo e 75% de pureza.

Veja FESA4 na Bolsa:
  • Só clique aqui se já for investidor
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: