Eneva (ENEV3) reporta lucro líquido de R$686,5 mi no 4º tri, alta de 87,9%

A Eneva (ENEV3) reportou lucro líquido de R$ 686,5 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 87,9% ante igual período do ano anterior, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, no acumulado registrou lucro de R$ 1 bilhão, aumento de 67,7% em relação aos resultados do ano anterior.

Já a receita operacional líquida anual cresceu 3,4% e alcançou R$ 3,2 bilhões. Já o Ebtida anual ajustado teve alta de 8,2%, para R$ 1,6 bilhão.

Eneva (ENEV3) aprova emissão de debêntures no valor de R$ 835 mi
Eneva (ENEV3) aprova emissão de debêntures no valor de R$ 835 mi

Eneva

Os resultados da Eneva foram impactados pelo aumento dos preços da energia, sobretudo nos últimos três meses do ano, em função da menor geração em hidrelétricas. O cenário de baixo volume de chuvas levou ao acionamento de usinas térmicas, o que beneficiou a Eneva.

Além disso, também teve impacto da retomada do consumo de eletricidade no segundo semestre do ano após a desaceleração causada pela pandemia de covid-19 no segundo trimestre.

A usinas e preços

De acordo com o diretor financeiro da companhia, Marcelo Habibe, a Eneva se beneficiou do aumento no despacho de suas usinas e dos maiores preços da energia vendida, em meio ao baixo volume de chuvas nos últimos meses, que tem impactado a geração nas hidrelétricas.

“No segundo trimestre do ano houve um declínio muito grande no consumo de energia e, consequentemente, nossas usinas ficaram desligadas praticamente no terceiro trimestre inteiro. Mas, com a retomada, o consumo voltou maior do que do no ano anterior e então conseguimos um despacho forte no quarto trimestre”, explica o diretor.

A geração bruta total de energia nas usinas da Eneva no quarto trimestre foi de 4.068 gigawatts/hora (GWh). O despacho médio ponderado pela capacidade instalada no período foi de 91%.

Veja ENEV3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais