CSN Mineração (CMIN3) reporta lucro líquido de R$1,341 bi no 4º trimestre

A CSN Mineração (CMIN3) reportou lucro líquido de R$ 1,341 bilhão no quarto trimestre de 2020, alta de 88,5% ante igual período do ano anterior, conforme documento encaminhado ao mercado.

De acordo com o relatório, nos doze meses de 2020 o lucro líquido marcou R$ R$ 4,030 bilhões, um avanço de 10% em relação ao ano de 2019.

Ainda segundo o relatório, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 3,176 bilhões nos últimos três meses do ano (recorde trimestral), chegando a R$ 8,143 bilhões no acumulado do ano, uma alta de 146% e 38%, respectivamente, com margem Ebitda recorde anual e trimestral de 63,8% e 70,3%, respectivamente.

Já a receita líquida ajustada em 2020 e no quarto trimestre totalizou R$ 12,757 bilhões e R$ 4,516 bilhões, respectivamente, sendo 28% e 80% superior ao auferido em 2019 e nos últimos três meses do ano anterior.

Comprar ações da CSN Mineração (CMIN3) vale a pena?

CSN Mineração

Conforme a empresa, a melhora ocorreu em grande parte pela desvalorização cambial somada ao melhor preço do Platts (+17%) contra 2019, apesar da menor disponibilidade de minério para venda. A receita líquida unitária no quarto trimestre foi de US$ 96,88 por tonelada úmida, 21,5% acima ante o trimestre anterior.

De outubro a dezembro o resultado financeiro ficou negativo em R$ 363 milhões, ante R$ 74 milhões negativo de igual etapa de 2019. Em 2020, o resultado financeiro atingiu o resultado negativo de R$ 512 milhões, impactado pela variação cambial pela valorização do Dólar frente ao Real, bem como ajustes a valor presente de certos compromissos financeiros com prazos acima de 90 dias.

A empresa encerrou o quarto trimestre com fluxo de caixa livre (FCL) de R$ 1,828 bilhão, influenciado principalmente pelo bom desempenho operacional. Em 2020 o FCL somou R$ 5,510 bilhões, impulsionado pela forte demanda de minério e a realização dos preços do insumo.

Em 31 de dezembro, a dívida líquida da CSN Mineração foi negativa atingindo R$ 1,648 bilhão devido à forte geração de caixa no período. O indicador de alavancagem medido pela relação dívida líquida/Ebitda foi de -0,20 vezes.

Demanda

Segundo a empresa, no quarto trimestre de 2020, os estímulos na China desde o início da pandemia proporcionaram forte recuperação de margens da siderurgia e aceleraram a demanda por minério de ferro, proporcionando elevação dos preços de referência, no contexto da oferta limitada no mercado transoceânico.

Os estoques de minério nos portos e usinas permanecem em níveis baixos e garantiram preços altos de realização. Nesse contexto, o minério encerrou o quarto trimestre com média US$ 133,7/dmt (Platts, Fe62%, N. China), 13% acima em relação ao terceiro trimestre (US$118,2/dmt). Em bases anuais, a média do Platts em 2020 (US$108,9/dmt) ficou 17% acima de 2019 (US$93,4/dmt).

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais