O conselho administrativo da Copasa (CSMG3) aprovou o desdobramento de 1 ação para 3. O fato relevante foi encaminhado ao mercado na noite desta quinta-feira (19).

De acordo com o documento, o objetivo é tornar a ação mais acessível aos investidores e, consequentemente, elevar a liquidez.

E diz mais: “terão direito ao recebimento das ações os acionistas detentores de ações em 25 de novembro.” A partir do dia 26, as ações passam a ser negociadas “ex-desdobramento”.

Conforme o fato relevante, o valor do capital social permanece em R$ 3,4 bilhões.

Copasa

CSMG3: debêntures

A empresa também aprovou a emissão de até R$ 500 milhões em debêntures não conversíveis em ações.

“Esses recursos serão destinados à execução de parte do Programa de Investimentos da companhia”, informou.

Dividendos

A Copasa anunciou que vai pagar R$ 820 milhões em dividendos para quem tiver as ações da companhia até o dia 19 de novembro.

O valor do pagamento dos proventos será correspondente a R$ 6.487659 por ação. A data de pagamento ainda será informada.

Valor Bruto por ação: R $ 6.487659

Data de COM: 19 de novembro de 2020

Dados EX: 20 de novembro de 2020

Data de pagamento: Á definir

Pela cotação de hoje no fechamento, esse valor líquido representa 12,2% de rendimento para as ações.

A partir de 20 de novembro, os ativos serão negociados sobre ex-dividendos.

2º tri

O resultado da Copasa no segundo trimestre de 2020 apresentou lucro líquido de R$ 146,3 milhões, alta de 22,9% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O Ebitda da Copasa atingiu R$ 378,5 milhões no período, crescimento de 9,4% na comparação com o segundo trimestre de 2019.

A margem Ebitda da Copasa totalizou 31% no 2t20, permanecendo estável na comparação com o 2t19.

A Margem líquida da Copasa atingiu 11,6% no período, crescimento de 1,8 ponto percentual na comparação com 2019.

Veja CSMG3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: