A Caixa Econômica Federal apresentou no terceiro trimestre de 2020 lucro líquido ajustado (sem considerar despesas  e tributações) de R$ 2,636 bilhões. O resultado representa alta de 1,7% em relação ao ganho auferido no segundo trimestre, considerando esse mesmo parâmetro.

O banco não divulgou o resultado líquido efetivo. Os números do balanço trimestral serão detalhados pelo presidente da Caixa, Pedro Guimarães, nesta quarta-feira.

Lucro líquido da Caixa cai 39,3% para R$ 2,6 bi no 2TRI

Caixa: período

No terceiro trimestre de 2020, as operações de crédito atingiram R$ 122,918 bilhões, o maior volume para o período, com destaque para financiamentos habitacionais e micro e pequenas empresas. O crédito imobiliário subiu 21,5% em relação ao segundo trimestre e para pessoa jurídica, 72%.

Apesar disso, os ganhos com tarifas foram puxados pelos serviços prestados ao governo com o pagamento de benefícios sociais, que atingiram R$ 2,114 bilhões, alta de 19,1% em relação ao segundo semestre. As tarifas cobradas com a manutenção de contas correntes ficaram em segundo lugar, com alta de 9,1%.

Tarifas

No total, o ganho com tarifas alcançou R$ 6,113 bilhões,  alta de 13,4% na comparação com o trimestre anterior. Já em relação ao  terceiro trimestre de 2019,  houve queda de 2,2%.

Com a suspensão do pagamento de dívidas, uma das medidas anunciadas pelo banco para aliviar o orçamento das famílias e empresas durante a crise decorrente da pandemia, a taxa de inadimplência para atrasos acima de 90 dias caiu de 2,48% para 1,87%.

Bio

Caixa Econômica Federal, também conhecida como Caixa, é uma instituição financeira, sob a forma de empresa pública, com patrimônio próprio e autonomia administrativa com sede em Brasília, no Distrito Federal, e com filiais em todo o território nacional. É vinculada ao Ministério da Economia.

https://youtu.be/d8RgSvU1lAg
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: