Anitta negocia parceria com Nubank e pode virar acionista do banco digital

De acordo com fontes, parceria será um dos maiores acordos entre celebridades e companhias já feitas no país

De acordo com fontes, Anitta está negociando uma parceria com o banco digital Nubank. Dessa forma, a mesma deve se tornar a mais nova acionista da startup brasileira.

A negociação deve colocar a cantora como principal “garota propaganda” da fintech. A princípio, a parceria deve vir a público dentro das próximas semanas.

A negociação entre a cantora e o banco pode envolver um cargo executivo e a transferência de um volume significativo de ações da empresa para ela. O Nubank não se pronunciou sobre o assunto até o momento.

Artista e empresária

A cantora faz questão de assumir a direção de sua própria carreira musical. Por conseguinte, com um faturamento líquido maior a cada ano, a artista é dona de uma fortuna avaliada em R$ 533 milhões, segundo a Forbes México.

Todavia, é possível observar que a cantora, considerada uma das mulheres mais poderosas do país em 2020,  vem investindo em parcerias como, por exemplo, sua marca de bebidas em parceria com a Skol Beats.

Anitta amplia também sua rede de propagandas, assim como promove uma nova plataforma chamada Only Fans. Em suma, a rede social tem o objetivo de comercializar conteúdos exclusivos de artistas e influenciadores digitais.

Anitta negocia parceria com Nubank e pode virar acionista do banco

E o Nubank?

O Nubank está preparando a abertura de capital nos Estados Unidos. A operação pode ocorrer ainda em 2021. Desde o início deste ano, o banco, que já possui 33 milhões de clientes, tem um valor estimado em US$ 25 bilhões, aproximadamente R$ 130,46 bilhões, depois de novos investimentos.

O banco digital tem o propósito de dar às pessoas maior controle sobre suas vidas financeiras. Além disso, a fintech possui operações no Brasil, México e Colômbia.

Criada em 2013, a instituição financeira de tecnologia tem diversas propostas de inovação, como acabar com a burocracia, taxas abusivas e a dificuldade no serviço oferecido nos bancos tradicionais. Hoje em dia, o Nubank já salvou cerca de R$ 20 bilhões em tarifas de seus clientes.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais