A Ânima Educação (ANIM3) anunciou nesta terça-feira (24) oferta primária de até 36,45 milhões de ações com esforços restritos, que espera precificar em 3 de dezembro.

Considerando o preço de fechamento da véspera dos papéis, de R$ 31,15, a operação pode movimentar cerca de R$ 1,1 bilhão.

Ânima (ANIM3) apresenta oferta maior por ativos e Laureate encerra conversa com Ser

ANIM3: recursos

Os recursos serão usados para financiar uma parcela da aquisição dos ativos brasileiros do Grupo Laureate, de acordo com fato relevante à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A oferta prevê distribuição primária de, inicialmente, 27 milhões de novas ações, que pode ser elevada em 35% para atender eventual excesso de demanda.

A operação está sendo coordenada por Bradesco BBI, Santander Brasil, UBS BB, Itaú BBA e JPMorgan.

Nova captação

Gerou estranhamento o tamanho do follow on que a Ânima Educação anunciou na noite de segunda-feira.

De acordo com a Revista Veja, isso está acontecendo porque o volume de ações que será disponibilizado se equivalente exatamente ao montante detido pelos drivers da empresa: até 36,4 milhões de ações. E o maior acionista, Daniel Castanho, possui participação de apenas 11,6%.

Para alcançar 33,2% considerado como parte dos drivers, as posições de outros 11 acionistas precisam ser somadas. Ou seja, caso um jogador decida tomar pouco mais de um terço das ações do follow on , ele já seria o maior acionista da Ânima, já que a emissão primária diluirá o controle dos acionistas acionistas.

A captação

Conforme o semanário, a captação está sendo realizada para que a empresa consiga pagar a aquisição de ativos vendidos pela Laureate, como as universidades FMU e Anhembi Morumbi. O valor acordado na negociação é de R$ 4,4 bilhões. Mas, pode sair mais caro, já que a empresa terá de destinar R$ 180 milhões de multa a Ser Educacional pela rescisão do acordo firmado pela empresa com a Laureate, além de R$ 200 milhões adicionais atrelados à geração de vagas nos cursos de medicina .

Veja ANIM3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: