5 ações de empresas que estão patrocinando as Olimpíadas de Tóquio; veja como investir

As companhias continuaram patrocinando os jogos mesmo depois do adiamento das Olimpíadas de Tóquio por conta da pandemia

Escolher uma empresa para investir de forma consciente é muito importante. Normalmente, além de prestar atenção em coisas como balanço ou lucro da companhia, os investidores analisam as ações, seus objetivos e valores. 

Dessa forma, para aqueles que são amantes de esportes, há uma variedade de empresas que estão patrocinando as Olimpíadas de Tóquio 2020, mesmo depois do adiamento e das complicações causadas pela pandemia.  

Vale lembrar que a maioria das companhias são patrocinadoras mundiais das olimpíadas, e dessa forma, podem ter ações abertas em várias bolsas ao redor do mundo.

Porém, através dos Brazilian Depositary Receipts (BDR), certificados de ações emitidas por outros países representados pelo número 34, é possível negociar esses ativos na Bolsa de Valores brasileira (B3). Portanto, veja 5 ações para investir:

1 – Coca-cola (COCA34)

Uma das empresas mais famosas na produção de refrigerantes do mundo é a Coca-Cola. Capaz até de viciar uma pessoa, a companhia começou com a criação de um xarope, que serviria para curar dor de cabeça, mas acabou se destacando por seu gosto.

O grupo está no Brasil desde 1941. Aqui no país, a mesma tem 26 marcas, além de mais de 200 produtos, incluindo a versão zero e marca de bebidas de base vegetal, Ades. Além disso, a companhia está listada na Bolsa com o código COCA34, assim como no no mercado fracionado COCA34F.

2 – AirBnb (AIRB34)

A startup nasceu em 2008 e atua no setor de hotelaria. O intuito é facilitar a vida do viajante na hora de escolher onde se hospedar. Portanto, a plataforma online conecta clientes com todos os locais nos quais ele pode se hospedar, incluindo casas de famílias. 

Com a pandemia, os resultados da empresa chegaram a cair de tal forma, que foi cogitado a hipótese do AirBnb vir a falência. No entanto, após algumas mudanças administrativas, cortes de custo e novas ações, a plataforma conseguiu sobreviver à crise e encerrou o terceiro trimestre de 2020 com lucro de US$219 milhões, segunda maior receita em seus 12 anos de existência.

3 – Intel (ITLC34)

A Intel é a segunda maior fabricante de circuitos semicondutores para computadores do mundo. Criada em 1968, a companhia começou a operar com um aporte de US$ 2,5 milhões. Além disso, com a abertura de capital em 1971, desenvolveu o primeiro microprocessador de 4 bits.

 Em 2005, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, a Apple, aderiu aos processadores da Intel. Desta forma, a Intel se consolidou como referência em sua área de atuação.

5 ações de empresas que estão patrocinando as Olimpíadas de Tóquio
Imagem Olimpíadas Tóquio 2020

4 – P&G (PGCO34)

A Procter & Gamble Company (P&G) é uma empresa que fabrica inúmeros bens de consumo. Além disso, a mesma é especialista em segmentos de higiene, limpeza, cosméticos, saúde, e suplementos. Atualmente, está presente em mais de 180 países.

Em suma, a companhia multinacional gigantesca chegou onde está através de diversas aquisições importantes. Entre elas, destacam-se Folgers Coffee, Norwich Eaton Pharmaceuticals, Richardson-Vicks, Noxell, Shulton’s Old Spice, Pantene e a  Gillette.

5 – Visa (VISA34)

Queridinha dos amantes de cartão de crédito, a Visa além de ser uma empresa de serviços de pagamento, também se destaca no setor de tecnologia. Dessa forma, a rede de processamento permite a autorização, compensação e liquidação de transações de pagamentos.

Especialista não só em cartões de crédito, a companhia oferece cartões de débito, assim como vale presentes. Só em 2018, a Visa registrou uma receita de R$ 107,16 bilhões e lucro de R$ 53,55 bilhões.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais