XP Investimentos retoma cobertura das empresas GNDI3 e HAPV3

A XP Investimentos retomou a cobertura das empresas Grupo NotreDame Intermédica (GNDI3) e Hapvida (HAPV3).

A gestora diz olhar para além de 2021 e confia que ambas as empresas vão repórtar bem à frente.

“Estamos retomando a cobertura da Hapvida, após seu recente aumento de capital, enquanto também atualizamos nossas estimativas para o GNDI. Temos uma recomendação de Compra para Hapvida, com preço-alvo em R$ 19 por ação, e Compra para GNDI com preço-alvo em R$ 110 por ação”, destacou.

E disse mais: “acreditamos que ambas as empresas devem continuar consolidando o mercado (orgânica e inorganicamente) ao passo que as margens devem começar a retomar níveis normalizados em 2022, após um difícil 2021.  Além disso, a fusão entre as companhias deve criar sinergias consideráveis (R$1,2 bilhão) o que implica em um valuation muito atrativo para a empresa combinada (“Nova Companhia”): P/L ’22e de 26,8x vs a média histórica de 47,4x.”

XP Investimentos

Os analistas Vitor Pini e Matheus Soares elencaram que os impactos de 2021 não devem ser estruturais.

Isso porque em 2021 ambas as empresas sofreram um aumento no índice sinistralidade (MLR na sigla em inglês) devido ao retorno dos procedimentos eletivos e taxas de ocupação mais altas devido à Covid-19.

“A sinistralidade do GNDI deve atingir 74% em 2021 (até +6,1p.p. vs 2020) e Hapvida 61% (até +4,7p.p. A/A). No entanto, à medida que o processo de vacinação evolui e a demanda reprimida por procedimentos eletivos diminui, acreditamos que a sinistralidade comece a diminuir em 2022: -3,6p.p. A/A para o GNDI e -1,0p.p. A/A para Hapvida”, disseram.

E acrescentaram que elas simplesmente continuam crescendo. “Em 2021, esperamos que os beneficiários de saúde cresçam 16,3% no GNDI e 15,8% na Hapvida, devido à integração dos ativos adquiridos recentemente aliada ao potencial de crescimento orgânico. E não deve parar por aí: o GNDI adquiriu recentemente a CCG¹ – marcando sua entrada no Rio Grande do Sul – enquanto a Hapvida captou R$2 bilhões para aquisições. Estimamos um crescimento de lucro médio ponderado anual entre 2020 e 2023 (CAGR’20-23) de 26% para o GNDI e 30% para a Hapvida, devido ao aumento no número de beneficiários e margens mais elevadas”, destacaram.

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais