Vale (VALE3): resultado sólido, forte geração de caixa e dividendos faz XP reiterar compra

A Vale (VALE3) reportou seu resultado referente ao quarto trimestre de 2020 e, por conta da forte geração de caixa e dividendos, teve recomendação de compra reiterada pela XP Investimentos.

De acordo com a gestora, o preço-alvo para os papéis da mineradora estão em US$25 para ADR, e R$ 122 por ação.

ADR’s, ou American Depositary Receipts, são Recibos de Depósitos de ações, emitidos por bancos estadunidenses, com lastro em títulos de valores mobiliários de empresas estrangeiras, negociados em dólares americanos nas Bolsas de Valores dos Estados Unidos.

“Vale reportou outro conjunto de fortes resultados e esperamos uma reação positiva do mercado. O EBITDA ajustado proforma em US$9,1 bilhões (+47% no trimestre, +15% vs. XPe e +13% vs. consenso da Bloomberg) não considera o Acordo Global de Brumadinho”, disse.

E acrescentou: “o fluxo de caixa livre das operações foi de US$4.9 bilhões, com o forte EBITDA. Adicionalmente, a Vale anunciou distribuição de dividendos e JCP de R$4,26/ação (bruto), representando um retorno anualizado de 9,1% (dada ex em 5 de março).”

Vale (VALE3): caso Brumadinho terá nova audiência em dezembro após proposta ser rejeitada

3TRI20

O conselho de administração da Vale aprovou a distribuição do total de R$ 4,26 por ação (aproximadamente US$ 0,77 por ADR) na remuneração aos acionistas com relação ao desempenho da companhia no segundo semestre do ano passado.

Segundo o Valor Econômico, o valor total entregue aos investidores deve somar R$ 22,5 bilhões, equivalente a quase 85% do lucro líquido anual obtido por ela em 2020.

VALE: dividendos

Em termos percentuais, o dividendo distribuído representa um retorno com dividendo (dividend yield) próximo a 4,5%, quando se considera o preço de fechamento da ação da mineradora ontem, de R$ 95,71.

Conforme a empresa, a continuação da política de dividendos visa devolver aos acionistas uma parcela “relevante” da geração de caixa da companhia, em um padrão previsível e alinhado com o pilar estratégico da companhia de disciplina na alocação de capital.

Dos R$ 4,26 que serão pagos aos acionistas, R$ 3,426 por ação serão na forma de dividendos, e, portanto, isentos de Imposto de Renda, e R$ 0,835 por ação como juros sobre o capital próprio (JCP). Nesta segunda parcela incide 15% de IR na hora do recebimento.

O pagamento da remuneração ocorrerá em 15 de março e a data de corte para os detentores de ações no Brasil será o dia 4, enquanto a data de referência para quem tem recibos de ações na bolsa de Nova York o dia 8.

A partir do dia 5 de março os papéis serão negociados sem o direito a este dividendo e JCP.

3TRI20

A mineradora reportou lucro líquido de R$ 739 milhões no quarto trimestre, ante prejuízo líquido de R$ 1,56 bilhão um ano antes, refletindo um histórico desempenho da unidade de ferrosos guiado por preços mais altos que foi minimizado por despesas pelo desastre de Brumadinho (MG).

Segundo a Reuters, a empresa assinou em fevereiro um acordo de R$ 37,69 bilhões para reparação de danos coletivos causados pelo rompimento de barragem da mineradora em 2019 em Brumadinho, com autoridades de Minas Gerais, encerrando ações coletivas na Justiça.

Veja VALE3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais