A Raia Drogasil (RADL3) confirmou o desdobramento de ações ontem (22). O movimento dá mais liquidez ao papel, mas não compromete a participação relativa do acionista.

Vale ressaltar que desdobramento é uma manobra para aumentar a liquidez do papel. Por meia desta estratégia, o número de ações em circulação de uma companhia é aumentado, enquanto o valor nominal de suas ações é proporcionalmente reduzido, de forma que não há alteração no valor de mercado da empresa.

Conforme especialistas do mercado financeiro, quando uma companhia desadobra suas ações, ela considera que o preço do seu papel está muito elevado.

Por isso, a intenção é reduzir o preço do papel, para que este fique, entre outras coisas, mais acessível aos investidores.

Antes do desdobramento, a companhia tinha o maior preço do Ibovespa, sendo R$ 115. Também era o único papel acima de R$ 100 – seguido por Magazine Luiza (MGLU3), na faixa de R$ 90.

O movimento mostra que mais investidores podem comprar um papel de R$ 23 do que um de R$ 115 – algo providencial nestes tempos em que mais pessoas físicas estão entrando na Bolsa.

Raia Drogasil (RADL3) registra queda de 60% no lucro do 2TRI

A empresa

A Raia Drogasil tem apresentado crescimento considerável nos últimos cinco anos. Contribuiu para isso a ampliação do portfólio de itens de higiene e beleza, que têm margens de lucro maiores. No entanto, o consumo desses produtos foi bastante afetado pela pandemia.

Isso porque o confinamento reduziu as compras presenciais e a compra por impulso é importante para esses itens.

Além disso, o consumidor perdeu poder aquisitivo e mudou os hábitos. Não se usa mais maquiagem ou filtro solar todos os dias.

Veja RADL3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: