A gestora Planner reajustou o preço-alvo para o Itaúsa (ITSA4), passando de R$ 8,80 para R$ 12,70 a ação e reiterou a recomendação de compra.

O relatório, assinado pelo analista Victor Martins, elenca os números da holding, como o lucro líquido recorrente de R$ 2,5 bilhões no primeiro semestre de 2020, com ROAE, ou retorno sobre o patrimônio, de 9,4%.

O indicador reflete uma queda de 47% em relação aos R$ 4,7 bilhões do primeiro semestre de 2019, com ROAE em 17,8%.

“Com o objetivo de mitigar os efeitos negativos da pandemia nas operações, as companhias investidas têm atuado por meio de avanços nos canais digitais, na racionalização dos custos, automação de processos e investimentos em tecnologia”, disse.

Itausa (ITSA4): lucro cai mais de 75% no segundo trimestre

A holding

No dia 23 o Itaúsa a holding realizou uma reunião pública onde abordou os principais aspectos relacionados a Holding e suas companhias investidas: Itaú Unibanco, Duratex, Alpargatas e NTS.

O foco permanece no fortalecimento da gestão das investidas e geração de valor de longo prazo de forma sustentável, com base em negócios duradouros e impacto positivo na sociedade.

A diversificação do seu portfólio de investimentos permanece no radar, sendo que a proposta pela aquisição da Liquigás segue em análise no Cade.

No contexto de suas participações, destaque para alocação eficiente de capital, a melhoria contínua dos controles e processos internos, e uma cultura compartilhada com influência positiva na estratégia e governança das empresas.

Veja ITSA4 na Bolsa:

https://www.youtube.com/watch?v=PNYZ6vVq1-4
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: