Dimed (PNVL3) aprova pedido de migração para Novo Mercado e convocação de AGEs

Também lançou neste mês sua universidade corporativa

O conselho de administração do Grupo Dimed (PNVL4), controlador da rede de farmácias Panvel (PNVL3), aprovou na quinta-feira (1º) a submissão de pedido para migração da companhia para o Novo Mercado da B3 (B3SA3). Na reunião, o conselho também autorizou a convocação de Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para deliberar sobre mudanças no Estatuto Social.

Segundo o Estadão, a mudança visa eliminar um item do parágrafo 2º do artigo 5º que prevê a inconversibilidade das ações preferenciais da companhia. A assembleia tem por objetivo também aprovar a conversão voluntária de ações preferenciais em ações ordinárias na razão de 0,8 de ação ON por ação PN convertida. Os acionistas ainda devem deliberar sobre a conversão da totalidade das ações PN remanescentes em ações ON, na razão de um para uma PN convertida.

Com isso, o conselho autorizou a convocação de uma AGE especial para acionistas preferencialistas, para apreciar as conversões propostas. As datas para as duas assembleias serão informadas no momento oportuno, acrescenta a empresa.

Dimed (PNVL3) aprova pedido de migração para Novo Mercado e convocação de AGEs

Dimed

O Grupo Dimed lançou neste mês sua universidade corporativa (Uni.D). A novidade chega para potencializar suas inúmeras iniciativas de capacitação, beneficiando mais de 6 mil funcionários de todos os níveis de empresa. Entre os destaques, a estrutura apresenta uma moderna plataforma de inteligência artificial que permite compartilhar experiências e conhecimentos, além de promover maior autonomia na trajetória profissional dentro da organização.

Inicialmente, a universidade corporativa do Grupo Dimed terá quatro escolas: lideranças, farma, vendas e processos. Em cada um deles, serão estabelecidos conteúdos e métodos de capacitação específicos, o que inclui ações à distância e presenciais. A proposta é apoiar a estratégia de expansão da companhia, auxiliando os funcionários a traçarem seu plano de carreira a partir do aprendizado e formação constantes. A estrutura irá estimular a autonomia e o protagonismo dos colaboradores como competências essenciais de evolução.

De acordo com o cargo exercido ou área de atuação, a empresa elaborou uma trajetória básica com cursos e capacitações específicos a serem realizados. Além disso, o profissional poderá participar ativamente desse processo, agregando habilidades conforme suas áreas de interesse. “Um colaborador de logística, por exemplo, terá liberdade para buscar materiais e cursos sobre marketing, expandindo o conhecimento para sua carreira profissional”, exemplifica Maria Schneider, diretora de pessoas e cultura do Grupo Dimed.

Veja PNVL3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais