Petrobras (PETR3 e PETR4) admite risco de desabastecimento no país; veja o que houve

Em comparação com novembro de 2019, a demanda por diesel aumentou 20% e a por gasolina 10%

Nesta terça-feira (19), a Petrobras (PETR3 e PETR4) informou que poderá não suprir toda a demanda de combustíveis para o mês de novembro. Segundo a empresa, houve uma quantidade atípica de pedidos de fornecimento, superando os meses anteriores e a capacidade de produção.

De acordo com a Associação das Distribuidoras de Combustíveis Brasilcom, a petroleira avisou diversas associadas sobre cortes unilaterais nos pedidos feitos para fornecimento de gasolina e óleo diesel para o próximo mês.

“As reduções promovidas pela Petrobras, em alguns casos chegando a mais de 50% do volume solicitado para compra, colocam o país em situação de potencial desabastecimento”, afirma a Brasilcom.

Risco de desabastecimento

Segundo a Petrobras, os cortes vieram devido a uma alta demanda em um curto período. Desta forma, a empresa afirma estar atendendo todos os contratos com distribuidoras, seguindo os termos, prazos e capacidade disponível.

“Na comparação com novembro de 2019, a demanda dos distribuidores por diesel aumentou 20% e a por gasolina 10%, representando mais de 100% do mercado brasileiro”, destacou a petroleira.

Por outro lado, a empresa destacou que está operando seu parque de refino com fator de utilização de 90%. Assim, superando os 79% usados no primeiro semestre do ano.

Petrobras pretende se desfazer de suas atividades de exploração na Bolívia
Logo da Petrobras na refinaria da companhia em Paulínia, São Paulo

Rumores sobre privatização

Na quinta-feira passada (14), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a falar sobre o seu anseio em privatizar a Petrobras. Durante entrevista, o mesmo ressaltou sua insatisfação pela falta de liberdade em opinar no preço do combustível, já que o mesmo é apontado como culpado pela elevação.

“Eu já tenho vontade de privatizar a Petrobras. Vou ver com a equipe econômica o que a gente pode fazer porque, o que acontece? Eu não posso, não é controlar, mas não posso melhor direcionar o preço do combustível, mas quando aumenta a culpa é minha. Aumenta o gás de cozinha, a culpa é minha, apesar de ter zerado o imposto federal”, destacou o presidente.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais