Grupo Soma (SOMA3) e Hering (HGTX3) aprovam fusão em assembleias; veja o que muda

A partir da próxima semana, as ações da Hering não farão mais parte da Bolsa de Valores

Nesta terça-feira (14), o Grupo Soma (SOMA3) e a Hering (HGTX3) aprovaram sua fusão de negócios em assembleias realizadas pelos acionistas das duas empresas.

De acordo com o Grupo Soma, todos os termos e condições impostos no Acordo de Associação e no Protocolo e Justificação da Operação obtiveram aprovação de ambas as partes.

Fusão entre as companhias

A propósito, após os reajustes realizados no acordo, o valor da parcela a ser embolsado aos acionistas da Hering é de R$ 9,5415843 por ação ordinária. Ou seja, o equivalente a R$ 7,9153303 por ação preferencial.

No entanto, a aprovação troca 1,625107 de ação ordinária do Grupo Soma para cada papel da Hering. Além disso, a data de corte da negociação ficou para o dia 17 de setembro de 2021.

Fim das ações da Hering (HGTX3)

Desse modo, a partir da próxima segunda-feira (20), as ações da Hering deixarão de fazer parte da Bolsa de Valores brasileira (B3). Logo, os ativos da companhia serão negociados sob o ticker SOMA3.

Em suma, aqueles que são titulares das ações da Hering até sexta-feira, no último pregão, serão considerados acionistas da companhia. Sendo assim, no fim, receberão por cada ação.

Grupo Soma (SOMA3) e Hering (HGTX3) aprovam fusão em assembleias; veja o que muda
Unidade loja Hering

Lucro 2T21 do Grupo Soma

Por fim, no segundo trimestre deste ano, o Grupo Soma reportou um lucro líquido de R$ 66,2 milhões. Ou seja, um crescimento de 252,1% em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior.

Logo, o seu Ebitda (Lucro Antes de Juros, Impostos, Depreciações e Amortizações) chegou a registrar R$ 100,5 milhões, uma valorização 143,9% em relação a base anual.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais