Aprenda a identificar os melhores IPOs para investir bem. As Ofertas Públicas Inicial de Ações para o primeiro semestre do ano tiveram que adiar os planos após a crise do coronavírus atingir em cheio a Bolsa.

Segundo o Estadão, as incertezas econômicas, principalmente entre março e maio, instigaram uma maior busca por proteção em aplicações como o ouro e o dólar, obrigando as companhias a esperar um momento mais oportuno para abrir capital.

Agora, diz o jornal, com o impacto da pandemia precificado e o Ibovespa de volta aos 100 mil pontos, algumas empresas já realizaram seus IPOs, como a d1000 e a Quero-Quero, e outras tantas aguardam análise da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Há pelo menos 29 ofertas na fila.

Aprenda a identificar os melhores IPOs para investir bem
Aprenda a identificar os melhores IPOs para investir bem

Na fila do IPO

Levantamento do Estadão indica que há entre as interessadas em abrir capital as chamadas ‘subsidiárias’ – que são controladas por outra companhia que já tem ações na Bolsa.

Especialista consultado pelo jornal lembra que uma das empresas nessa categoria é a Compass, que é o braço de gás natural do grupo de energia Cosan (CSAN3).

Os papéis da Cosan estão negociados a R$ 84,30 e já sobem 21,58% no ano. Apesar do bom desempenho, a companhia apresentou prejuízo de R$ 174,4 milhões no segundo trimestre de 2020.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) caiu 58,2%, para R$ 590,8 milhões.

O especialista também destacou que há grande de pedido de empresas ligadas à construção civil, o que reflete o interesse do investidor pelo segmento, a exemplo da Melnick Even e Cury Construtora.

A Melnick Even é subsidiária da Even (EVEN3), que atua em Porto Alegre em imóveis de alto padrão, e a Cury Construtora é um braço da Cyrela (CYRE3), incorporadora e construtora.

O lucro líquido da Even subiu 21,6% no segundo trimestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 26,8 milhões, e as ações estão sendo negociadas a R$ 13,34.

A Cyrela, por sua vez, registrou lucro líquido de 67,8 milhões, com queda de 40% na comparação com o mesmo período de 2019.

O segmento do varejo também está na fila do IPO.

De acordo com os especialistas, para investir é preciso estar bem informado. Uma dica é olhar o objetivo da abertura de capital no prospecto. Se for para reestruturar passivos (cobrir dívidas) ou oferecer saída a controladores, o investidor deve ficar atento.

Aprenda a identificar os melhores IPOs para investir bem
Aprenda a identificar os melhores IPOs para investir bem

O prospecto

O prospecto é a documentação em que todos os detalhes sobre o negócio ficam registrados. É por meio desse arquivo que o investidor conseguirá identificar a finalidade daquele IPO, assim como a estimativa de preço para os papéis e o número de ações emitidas.

Um bom sinal quando se trata desse tipo de oferta, é quando a companhia pretende investir os recursos captados em expansão, como comprar novas máquinas ou adquirir lojas em outros estados.

Mesmo assim, é importante que o acionista saiba que existem riscos envolvidos.

Outra informação importante para não cair em ciladas, diz o jornal, é identificar quais são os grupos que estão por trás da companhia que vai realizar o IPO.

Inclusive, observando se as práticas de governança estão em consonância com as questões ESG – fatores que medem a sustentabilidade e impacto social de um investimento em empresas.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: