As declarações de João Doria (PSDB), governador de São Paulo, sobre um “programa de capitalização” da Sabesp (SBSP3) a ser anunciado em breve deixaram acionistas minoritários da empresa e analistas de mercado em polvorosa nos últimos dois dias.

Segundo o Valor, primeiro porque Doria não explicou exatamente qual é o plano e então a fala serviu apenas para criar incertezas.

Depois porque a expectativa dos minoritários, até pelo perfil do governador, era por uma privatização da companhia.

Sabesp (SBSP3) vai voltar ao programa de capitalização, afirma Doria
Sabesp (SBSP3) vai voltar ao programa de capitalização, afirma Doria

SBSP3: capitalização

Conforme o jornal, a palavra “capitalização” trouxe à memória o plano anunciado durante o governo de Geraldo Alckmin, que previa a criação de uma holding controladora que reuniria a Sabesp e eventuais outras empresas subsidiárias.

Esse seria o plano que revoltaria minoritários, pois a empresa continuaria sob controle do Estado.

Além disso, no mercado há incertezas sobre a atratividade desse modelo. A dúvida é se algum investidor teria interesse em ser sócio do Estado de São Paulo numa eventual holding, já que, como estatal, a Sabesp não tem a eficiência de uma empresa privada.

Agora, se Doria anunciar um modelo de capitalização em que a Sabesp deixar de ter um controlador, transformando-se em uma “corporation”, teria apoio desses acionistas.

Veja SBSP3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: