Positivo (POSI3) comunica licenciamento e incorporação da Compaq no Brasil

A companhia irá fabricar e comercializar notebooks, desktops e all-in-one

A Positivo (POSI3) comunicou ao mercado na quarta-feira (14) que vai licenciar e incorporar as operações da Compaq no Brasil. A marca de computadores pertence à HP Inc.

De acordo com o Valor Econômico, a companhia irá fabricar e comercializar modelos de notebooks, desktops e all-in-one da Compaq e, segundo a companhia, a operação contribui para que a Positivo se consolide como plataforma multimarcas de fabricação, distribuição e atendimento de hardware no país.

“Além de reforçar a presença da companhia em seu principal mercado, permitirá a atuação na categoria de notebooks com as marcas Positivo, Vaio e Compaq, alcançando, assim, todos os segmentos desse mercado no Brasil”, afirma a Positivo.

Positivo (POSI3) comunica licenciamento e incorporação da Compaq no Brasil

Positivo

Conforme o jornal, a companhia foi questionada pela B3 e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre a oscilação de suas ações registrada nos últimos dias.

Em resposta ao questionamento, Positivo afirmou que os movimentos poderiam estar “relacionados diretamente aos expressivos resultados apresentados no exercício fiscal encerrado em 2020 e ao momento de forte crescimento da indústria de hardware no mercado global”.

Ontem, as ações ordinárias da Positivo fecharam em alta de 16,39% na B3, cotadas a R$ 10,51.

4TRI20

A Positivo reportou lucro líquido de R$ 149,7 milhões no quarto trimestre de 2020, resultado 28 vezes superior ao lucro líquido de R$ 5,3 milhões registrados no mesmo trimestre de 2019, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, parte da mudança de patamar no lucro é atribuído ao aumento pela procura de hardware durante a pandemia.

Para o ano inteiro de 2020, a Positivo teve lucro líquido de R$ 195,8 milhões, resultado mais do que nove vezes acima do lucro líquido de R$ 20,8 milhões em 2019.

A receita líquida da empresa no quarto trimestre de 2020 alcançou R$ 886,5 milhões, em alta de 59,4% sobre o resultado do mesmo trimestre de 2019. No ano inteiro de 2020, a receita da companhia foi de R$ 2,19 bilhões, em alta de 14,5% sobre 2019.

Veja POSI3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais