Hidrovias do Brasil (HBSA3) anuncia aquisição da Imperial Shipping e outras empresas

Trata-se da conclusão da operação que já vinha sendo efetuada

A Hidrovias do Brasil (HBSA3) anunciou a aquisição da Imperial Shipping Paraguay, conforme fato relevante encaminhado ao mercado dia 18.

De acordo com o documento, trata-se da conclusão da operação que já vinha sendo efetuada juntamente com suas controladas Cikelsol S.A. e Pricolpar S.A., conforme aplicável, referente a celebração de um Framework Agreement e determinados contratos de compra e venda de ativos com a Imperial Logistics International B.V. & Co. KG.

“A aquisição de ações representativas de 100% do capital social da Imperial Shipping Paraguay S.A., sociedade sediada em Assunción, no Paraguai; (ii) a aquisição de ações representativas de 100% do capital social da Imperial South America BV, sociedade sediada em Druten, na Holanda; (iii) a aquisição de ações representativas de 50% do capital social da Baden S.A., sociedade sediada em Concepción, no Paraguai; e (iv) a aquisição de determinados ativos de navegação do grupo Imperial, conforme aprovado em reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada em 15 de abril de 2021”, destacou.

Hidrovias do Brasil (HBSA3) anuncia aquisição da Imperial Shipping e outras empresas

Hidrovias

A Hidrovias elencou que a Imperial Shipping Paraguay S.A. opera na hidrovia Paraná-Paraguai, que faz parte do corredor logístico da região Sul, onde a Hidrovias atualmente tem operações de transporte de grãos, celulose e minério de ferro.

“A Transação contribuirá com o fortalecimento da presença da companhia nesse importante corredor logístico, assim como colaborará com a manutenção da estratégia de diversificação de produtos e moedas que já é adotada atualmente. Essa operação contempla, dentre os ativos de navegação que serão adquiridos do grupo Imperial, 7 empurradores troncais e 84 barcaças com tampas, praticamente dobrando a capacidade atual da Companhia na região e reforçando ainda mais seu posicionamento estratégico no Corredor Sul”, destacou.

E disse mis: “além dos ativos, por meio dessa transação a companhia passará a deter a participação do grupo Imperial no Porto Baden, situado no Paraguai, uma sociedade estabelecida em conjunto com a CIE S.A., companhia paraguaia fornecedora de equipamentos industriais e serviços para os setores energético, industrial e naval.”

Com isso, a Hidrovias assumirá o compromisso com os atuais clientes das sociedades adquiridas do grupo Imperial e seguirá prestando serviços de acordo com os acordos já existentes, bem como incorporará os mais de 150 colaboradores que fazem parte do quadro atual de tais sociedades por meio da transação.

A operação foi avaliada em US$ 85 milhões, considerado Entreprise Value, com eventual pagamento adicional de até US$ 5 milhões a serem pagos ao longo dos próximos quatro anos, sujeito ao atingimento de determinadas métricas operacionais. A operação da Imperial na América do Sul não possui dívidas e registrou EBITDA de US$15,9 milhões em 2018, US$15,4 milhões em 2019 e US$ 9,4 milhões em 2020 (mesmo com cenário atípico de calado mais baixo nos rios da região sul).

Veja o fato relevante:

Hidrovias do Brasil (HBSA3) anuncia aquisição da Imperial Shipping e outras empresas

Veja HBSA3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais