Dinâmica Energia pede adoção de voto múltiplo na eleição da Cemig

A Assembleia Geral Ordinária/Extraordinária está prevista para 30 de abril

A Dinâmica Energia pediu adoção de voto múltiplo na eleição do conselho da Cemig (CMIG3), conforme aviso aos acionistas encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, a Dinâmica é um Fundo de Investimento em Ações que representa mais de 5% do capital votante.

A Assembleia Geral Ordinária/Extraordinária está prevista para 30 de abril de 2021.

Dinâmica Energia pede adoção de voto múltiplo na eleição do conselho da Cemig

Cemig

A (Companhia Energética de Minas Gerais) se viu dentro de um escândalo esta semana ao contratar empresa de Recursos Humanos de forma irregular e sem licitação.

A contratada foi a responsável pela seleção que resultou na nomeação do atual presidente da companhia.

Para piorar a situação, a prestação de serviço foi negociada pelo partido Novo, do governador Romeu Zema, em novembro de 2019.

E se não bastasse, a estatal precisou fazer uma manobra jurídica para justificar o pagamento de R$ 170 mil pelo trabalho de recrutamento selecionou Reynaldo Passanezi Filho.

Outro ponto obscuro dessa relação é que o executivo já ocupava o cargo 339 dias antes de assinar o contrato.

As regras da companhia determinam que a prerrogativa da indicação do presidente é do governador de Minas Gerais, mas o Novo optou por um processo de seleção de um executivo, por meio da empresa do tipo “headhunter”, a Exec Recursos Humanos Ltda.

A Cemig é uma companhia de capital misto e, com o serviço já prestado, dispensou a licitação e fez um contrato para justificar o pagamento dos serviços.

Veja o aviso:

Dinâmica Energia pede adoção de voto múltiplo na eleição do conselho da Cemig

Veja CMIG4 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais