Covid-19: Média de mortes diárias cai 23,8% em um mês no país

O número de mortes diárias por covid-19, segundo a média móvel de sete dias da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), chegou a 1.819 dia 28. Na comparação com 28 de abril, portanto um mês antes, houve uma queda de 23,8%.

O número de mortes registrado ontem foi 41,8% inferior ao registrado no pico dos óbitos da pandemia, em 12 de abril (3.124). Apesar disso, os registros ainda estão em um patamar bem superior ao início do ano (158,7%), já que em 1º de janeiro, a média mortes era de 703.

A média de móvel de sete dias, divulgada pela Fiocruz, é calculada somando-se os registros do dia com os seis dias anteriores e dividindo o resultado dessa soma por sete. O número é diferente daquele divulgado pelo Ministério da Saúde, que mostra apenas as ocorrências de um dia específico.

Covid-19

Estimativas da Universidade de Washington (EUA) indicam uma tendência de alta que aponta para três mil mortes diárias por Covid-19 no Brasil no início de junho, com um pico de 4 mil no pior dos cenários. Alguns especialistas já preveem uma terceira onda da doença no país.

Embora tenha ocorrido um recuo importante no número de mortes diárias desde abril (quando passou de 4 mil), a estabilidade permanece em um patamar muito alto (por volta dos 2 mil), o que leva alguns estudiosos da pandemia a afirmar que o país ainda nem saiu da segunda onda. Há ainda os que defendem que continuamos na primeira e outros que já vislumbram uma quarta.

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais