Aumenta o risco de fraudes mobile, mostra pesquisa da Transfeera

Até dezembro de 2017, 99% dos pagamentos se concentravam nos cinco maiores bancos brasileiros

Pela primeira vez em cinco anos, as tentativas de fraudes realizadas por meio de dispositivos móveis foram maiores do que as feitas por meio de computadores, segundo dados do Raio-X da Fraude 2021, da Konduto. Ao mesmo tempo, os bancos digitais estão ganhando cada vez mais espaço no dia a dia do brasileiro.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Transfeera, plataforma open banking de gestão e processamento de pagamentos, até dezembro de 2017, 99% dos pagamentos se concentravam nos cinco maiores bancos brasileiros: Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Caixa. Já em dezembro de 2020, apenas 61% representavam os pagamentos destes cinco maiores bancos — uma queda de 39% em três anos. Com o fortalecimento do online, a forma como os usuários lidam com os pagamentos mudou, assim como também os fraudadores.

Aumenta o risco de fraudes mobile, mostra pesquisa da Transfeera

Fraudes Mobile

Os golpes online podem ser divididos em duas grandes vertentes: desktop e dispositivos móveis. Para André Ferraz, CEO e fundador da Incognia, empresa pioneira global de solução de identidade mobile por localização, é importante separar os dois tipos, pois os métodos de segurança são muito diferentes.

“Muitas das formas usadas para proteger desktops não são eficazes para dispositivos mobile. O próprio fato de que o celular é de natureza móvel representa um desafio para os modelos mais tradicionais de segurança de fraudes. Porém, também é uma oportunidade, pois alguns sinais do mobile são muito fortes para entender o comportamento dos usuários e comprovar a identidade da pessoa. A localização é uma dessas formas”, disse.

Indicadores

No universo das fraudes mobile, vários indicadores já são conhecidos como métodos de autenticação. Um dos mais conhecidos por profissionais das áreas de risco é o fingerprint, tecnologia que coleta dados e características sobre o aparelho que juntas permitem diferenciar um dispositivo de outro, e assim, conectar atividades de baixo ou alto risco àquele aparelho.

Outro método é o da biometria comportamental, onde os aparelhos são equipados para coletar grandes quantidades de dados, como comportamento de scroll, swipe, digitação entre tantos outros.

Empresas estão buscando maneiras dos dispositivos mobile coletarem dados comportamentais para reduzir fraudes mobile, como a falsificação de identidade para a abertura de novas contas bancárias digitais.

Um exemplo disso é durante o onboarding em novas contas, onde o processo de KYC (know your customer), por regulamentação do banco central, exige que as instituições comprovem o endereço de residência do usuário. No método tradicional os usuários fornecem seu endereço para o aplicativo, e a forma de comprovação se dá por meio do comprovante de residência, que o usuário fotografa durante o onboarding.

O mesmo processo pode ser facilitado para o usuário e ao mesmo tempo, oferecer mais segurança. Dados da Incognia mostram que 85% das contas em bancos digitais são abertas quando o usuário está em sua residência.

Por isso, com a biometria comportamental por localização, é possível que o processo se resuma, apenas, ao usuário fornecer o endereço para o aplicativo. Em segundo plano, a tecnologia entrega para o aplicativo uma nota de risco alta ou baixa, da correspondência do endereço de residência declarado, e onde o dispositivo mobile provavelmente reside. Isso não só reduz o trabalho do usuário, que não precisa mais escanear documentos, mas também aumenta a segurança para ele, e instituições financeiras.

A Incognia

Incognia é uma empresa de identidade de localização que permite a prevenção avançada de fraudes mobile para bancos, empresas fintech e m-commerce. Por meio da biometria comportamental de localização, Incognia oferece verificação e autenticação de identidade sem atritos. A tecnologia de localização da Incognia utiliza sinais de rede e sensores no dispositivo para fornecer informações de localização altamente precisas.

Ao construir um padrão de comportamento de localização anónimo, único para cada utilizador, o Incognia cria uma identidade digital privada para segurança de contas. A Incognia é uma empresa privada com sede em Palo Alto, Califórnia, com equipes em Nova Iorque e no Brasil.

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais