Aliança Empreendedora oferece auxílio emergencial para microempreendedores

A Aliança Empreendedora, organização que capacita e apoia gratuitamente microempreendedores formais e informais em comunidades de baixa renda de todo o país, vai oferecer um auxílio emergencial de R$ 200 para apoiar microempreendedores, em situação de vulnerabilidade social, que tiveram os seus negócios impactados pela pandemia.

Além do auxílio emergencial, a organização está apoiando os microempreendedores com capacitação através de cursos voltados à gestão de negócios com foco nesse momento de crise, no aumento das vendas e na continuidade do faturamento.

Ao todo, são sete cursos gratuitos disponíveis. Para saber como inovar em um empreendimento adaptando-o ao cenário da pandemia, os interessados podem fazer o curso “Como inovar em tempos de crise” ou o curso “Como organizar as finanças em tempos de crise”.

Aliança Empreendedora

Ainda na área de finanças, está disponível o curso “Desvendando o crédito”, que traz dois módulos sobre educação financeira voltados para mulheres empreendedoras, além de orientações sobre como adquirir microcrédito.

A Aliança Empreendedora ainda oferece, gratuitamente, mais dois cursos específicos para mulheres empreendedoras: “Formalização para mulheres empreendedoras” e “Marketing para mulheres empreendedoras”.

Tanto o auxílio emergencial quanto os cursos de capacitação fazem parte do Prêmio Tamo Junto. Para concorrer ao prêmio, os empreendedores em situação de vulnerabilidade social devem ter tido um negócio ativo em algum momento da pandemia (desde março de 2020) e, também, terem sofrido algum impacto financeiro em seu empreendimento durante este período ou encontrado no empreendedorismo uma forma de se recuperar financeiramente.

  • Só clique aqui se já for investidor

Prêmio

O Prêmio Tamo Junto será dividido em duas fases. Primeiramente é preciso realizar a inscrição por meio do site tamojunto.o rg.br/premio após ter concluído, até o dia 30 de maio, pelo menos um dos sete cursos disponíveis que estão incluídos nas quatro categorias da premiação, sendo elas: “Empreender em tempos de crise – Eu no comando”; “Finanças – Eu no controle”; “Formalização – Meu negócio é legal”; ou “Marketing Digital – Tô na rede”.

Após análise de perfil, 400 microempreendedores serão selecionados para receberem um auxílio emergencial no valor de R$ 200/cada e, também, uma capacitação via grupo no Whatsapp contendo diversos temas ligados a negócios e empreendedorismo, com duração de uma semana. As turmas serão criadas com base nas principais dificuldades dos empreendedores.

Fase

Finalizada a primeira fase, os 400 empreendedores selecionados – 100 de cada categoria -, poderão concorrer a quatro prêmios de R$ 5 mil para investirem em seus negócios. Com base na participação e desempenho individual na capacitação via WhatsApp, será selecionado um empreendedor ou empreendedora de cada categoria para receber o prêmio.

Para a diretora executiva e co-fundadora da Aliança Empreendedora, Lina Useche, o auxílio emergencial, a capacitação online e a premiação de R$ 5 mil são muito importantes para apoiar microempreendedores nesse momento de crise.

“Com a pandemia, muitos microempreendedores se viram em situação de vulnerabilidade social e com dificuldades para desenvolver seu negócio. Assim, é muito gratificante podermos apoiar essas pessoas com capacitação gratuita e recursos financeiros, já que muitas delas tiveram seus empreendimentos impactados durante a crise e precisam retomar sua renda.”, explica.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais