TIM Brasil (TIMS3) registra aumento de 151,3% no lucro do segundo trimestre; veja se está na hora de investir

Nos registros da receita líquida, a empresa totalizou 4,4 bilhões em comparação com a base anual

Ao concluir o segundo trimestre de 2021, a TIM (TIMS3) registrou um lucro líquido de R$ 672 milhões. Logo, ao comparar com o mesmo período em 2020, a empresa apresentou um avanço de 151,3%, somando um lucro de R$ 267 milhões.

No entanto, nos registros da receita líquida, totalizou 4,4 bilhões em comparação com a base anual, apresentando uma alta de 10,5%.

Registros da TIM Brasil

Em princípio, o Ebtida – lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização – no segundo trimestre deste ano apontou, ao todo, R$2 bilhões. Isto é, um aumento de 5,2% em relação ao segundo trimestre de 2020, que registrou R$ 1,9 bilhões.

De acordo com a operadora, as principais motivações para esse cenário positivo foram o avanço da Receita de Serviços Móveis, com aportes positivos no Pós-Pago e no Pré-Pago. Além disso, o aperfeiçoamento do avanço da Receita de Serviços Fixos.

Desse modo, a TIM apresenta o 30º trimestre seguido com desenvolvimento positivo de Ebtida. A princípio, em virtude do plano estratégico utilizado pela companhia e compromisso com a rentabilidade do negócio.

TIM Brasil (TIMS3) registra aumento de 151,3% no lucro do segundo trimestre
Aumento da receita líquida da TIM em 10,5%

Compra de ativos móveis da Oi (OIBR3 e OIBR4)

Em suma, com a compra dos ativos móveis da Oi (OIBR3) e a reestruturação da FiberCo, a TIM totalizou R$ 2,3 bilhões em despesas operacionais, uma alta 15,8% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior.

Isto é, a companhia foi impactada com despesas no valor de R$ 13,7 milhões. Em suma, devido a aquisição dos ativos da Oi e FiberCo, por conta dos serviços jurídicos e administrativos.

Portanto, ao todo, no segundo trimestre de 2021, as despesas de capital ou investimento em bens de capital (Capex) registraram R$ 906 milhões, um aumento de 34,5% em relação às métricas anuais.

Logo, este valor é justificado a partir da reavaliação dos projetos. Posto que, a TIM segue na preparação da infraestrutura para integração dos ativos móveis da Oi.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais