Rumores de que o FBI ‘hackeou’ bitcoins abaixa preço da criptomoeda

FBI recupera R$ 22 milhões em Bitcoin pagos a hackers que atacaram um empresa nos EUA

Nesta terça-feira (8), o preço do Bitcoin (BTC) enfrentou mais uma queda, devido aos rumores a respeito da notícia de que o FBI (polícia federal americana) teria recuperado parte dos bitcoins usados no pagamento do “sequestro virtual” dos sistemas do oleoduto Colonial Pipeline, em maio de 2021.

Dessa forma, a moeda foi negociado em uma baixa, que acumulou mais de 12% dentro das últimas 24 horas. O valor ficou em cerca de US$31 mil.

Entenda o que aconteceu

Acontece que, o FBI não informou como foi que ele acabou tendo acesso às carteiras em que os bitcoins estavam guardados. Dessa forma, os rumores se espalharem, uma vez que afirmaram que a polícia americana teria “hackeado” o sistema.

Entretanto, alguns especialistas apostam que esse rumor é falso, e que os policias provavelmente utilizaram outros métodos indiretos para acessar as carteiras com os bitcoins roubados.

A princípio, com a repercussão nas redes sociais, o CEO da Blockstream (companhia de tecnologia focada em inovação em criptomoedas), Adam Back, se pronunciou sobre o caso.

Segundo Back, o FBI recuperou o BTC que estava em um servidor alugado. Em suma, obtendo uma intimação, a polícia americana conseguiu assumir o controle das criptomoedas.

“Bitcoin NÃO foi hackeado. Nenhuma carteira foi hackeada, nem mesmo se sabe se é possível. Os hackers da Ransom usaram um servidor em nuvem alugado. O FBI recebeu uma intimação, assumiu o controle e recuperou moedas. É isso”, afirma Back.

Rumores de que o FBI 'hackeou' bitcoin abaixa preço da criptomoeda

E agora, bitcoin é seguro?

O Bitcoin é totalmente virtual e ainda é carente de regulamentações ao redor do mundo. O Blockchain, sistema que gere e registra as transações da criptomoeda, consiste em uma cadeia de blocos de informações. Eles registram todas as transações que ocorrem pelo mundo de forma criptografada.

Segundo especialistas, o blockchain nunca foi  hackeado. Entretanto, desde a sua criação, ele sofre ataques cibernéticos, mesmo assim, jamais foi desviado um único satoshi (0,00000001 BTC).

Dessa forma, eles afirmam que nenhum minerador conseguiu criar mais bitcoins do que o protocolo estabelece a cada momento. Isso porque, apesar de não existir uma entidade que centralize e assegure a autenticidade das transações, todos os usuários estão a todo momento monitorando o sistema, fazendo valer regras estabelecidas.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais