Petrobras (PETR4) retoma produção em unidades de Marlim Sul após surto de Covid-19

A Petrobras (PETR4) informou na terça-feira (23) que as plataformas P-40 e P-56, no campo de Marlim Sul, na Bacia de Campos, voltaram a operar normalmente, após uma redução da produção nos últimos dias, motivada por um surto de Covid-19 que afetou as operações da P-38, que recebe produto de ambas as unidades.

A P-38 é uma unidade do tipo FSO, sigla em inglês para a unidade flutuante que estoca e transfere o óleo produzido por outras unidades. Portanto, não tem produção própria, segundo explicou a Petrobras anteriormente.

Petrobras (PETR4) retoma produção em unidades de Marlim Sul após surto de Covid-19
Edifício sede da Petrobras na Avenida Chile, centro da cidade.

Petrobras

A P-40 e a P-56 produziram juntas mais de 85 mil barris de petróleo por dia, em janeiro, segundo dados disponibilizados pela reguladora ANP em seu site. A Petrobras não detalhou quais os volumes que deixaram de ser produzidos nos últimos dias.

Em nota enviada à Reuters na sexta-feira, a ANP explicou que a tripulação da P-38 foi testada para Covid-19, e os resultados confirmaram infecção em 27 pessoas. Os trabalhadores que testaram positivo e contactantes de bordo foram desembarcados e substituídos, segundo a Petrobras.

O caso

O caso ocorreu em meio a um aumento de casos no Brasil, que está se refletindo nas atividades de óleo e gás.

Ontem, a Federação Única dos Petroleiros (FUP) publicou uma nota informando que também houve um surto de Covid na plataforma P-48, no campo de Caratinga, na Bacia de Campos.

Nesse caso, a ANP informou que as informações mais recentes de que dispõe, recebidas na véspera, relatam três casos confirmados entre trabalhadores de P-48, cuja produção segue normalizada.

Na segunda-feira, a ANP registrou 60 novos casos de Covid-19 em plataformas de petróleo e gás, com a média móvel de ocorrências avançando desde o início do mês.

No relatório anterior, publicado no site da reguladora na sexta-feira, 69 infectados pelo coronavírus tinham sido reportados.

Pela média móvel dos últimos 15 dias, o número de casos subiu para 45, versus 39 na publicação anterior.

A Petrobras vem afirmando que, desde o início da pandemia, foram realizados mais de 650 mil testes para detecção do coronavírus, além da imposição de medidas como “redução do efetivo presencial e ampla adoção do teletrabalho” e “reforço na higienização e distanciamento nas unidades operacionais”.

Veja PETR4 na Bolsa:

Petrobras (PETR4): justiça extingue ação de hipoteca judiciária da Previ
Petrobras (PETR4): justiça extingue ação de hipoteca judiciária da Previ
  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais