Moura Dubeux (MDNE3) reporta lucro líquido de R$8,66 mi no 4º tri

A Moura Dubeux (MDNE3) reportou lucro líquido de R$ 8,66 milhões no quarto trimestre de 2020 ante igual período de 2019, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, a receita líquida da construtora foi de R$ 190,3 milhões, queda de 4,1% na base trimestral, mas alta de 96% no ano. O EBITDA ajustado foi de R$ 18,6 bilhões, alta de 1% ante o ano de 2019. Já a margem líquida ficou em 4,1%, queda de 2,5 pontos percentuais no trimestre.

IPO da construtora Lavvi pode movimentar R$1,6 bi
IPO da construtora Lavvi pode movimentar R$1,6 bi

Moura Dubeux

A empresa contabilizou seis lançamentos no quarto trimestre de 2020, com valor geral de vendas, ou VGV, de R$ 516 milhões, crescimento de 517,1% sobre os R$ 84 milhões no mesmo período em 2019 e de 87,8% na comparação com os três meses imediatamente anteriores.

No acumulado do ano, foram dez novos empreendimentos, com VGV de R$ 791 milhões. O valor é 107,1% maior do que os R$ 382 milhões de 2019, referentes a quatro lançamentos.

As vendas subiram 49,8% ante o quarto trimestre o ano anterior, passando de R$ 204 milhões para R$ 305 milhões, e 0,2% em relação aos três meses anteriores. No acumulado de 2020, foram R$ 779 milhões, contra R$ 762 milhões em 2019.

Os distratos somaram R$ 35 milhões no período, com redução de 34,6% e de 60,6% nas bases anual e trimestral, respectivamente. No ano, o total de distratos foi de R$ 237 milhões, contra R$ 201 milhões em 2019.

Construtora

A compra do próprio imóvel está no topo da lista de desejos da maioria dos brasileiros. E mesmo que os últimos anos tenham sido de ajustes econômicos e especulações sobre o mercado imobiliário, a Moura Dubeux tem mostrado desenvoltura e confiabilidade no mercado potiguar. Prova disso, é o recente pré-lançamento da construtora, o residencial Olhar das Dunas, que já teve mais de 40% de vendas garantidas.

A companhia promoveu no final de fevereiro o lançamento do estande do empreendimento, que fica localizado na Rua da Saudade, com parte do terreno entre as avenidas Amintas Barros e Rui Barbosa, no bairro de Lagoa Nova. O evento contou com a presença de Fernando Amorim, diretor regional da Moura Dubeux. O espaço exclusivo tem 60m² e traz à capital potiguar uma experiência diferenciada no quesito atendimento, quando proporciona aos visitantes um tour virtual de tudo que virá a ser o Olhar das Dunas, com um impacto visual marcante e muita modernidade. O projeto do estande é assinado pelas arquitetas potiguares Duda Almeida e Vanessa Borges. O horário de atendimento é diferenciado, abrangendo todos os dias da semana: de segunda a sexta, entre 8h45 e 19h, aos sábados entre 08h45 e 14h45 e aos domingos entre 09h e 14h.

Veja MDNE3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais