O frigorífico Minerva (BEEF3) anunciou nesta terça-feira (3) que teve lucro líquido de R$ 58,3 milhões no terceiro trimestre, ante prejuízo de R$ 82,7 milhões na mesma etapa de 2019.

A companhia apurou geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) de R$ 554 milhões, 21,9% acima do desempenho de um ano antes, com a margem passando de 10,1% para 10,8%.

Minerva (BEEF3): cia passa de prejuízo para lucro no 2ºtri

O desempenho

O desempenho ocorreu apesar de uma queda de 13,7% no número de animais abatidos pela companhia, a 814,2 mil cabeças. As vendas em volume recuaram 12,6%, para 272,9 mil toneladas.

A Minerva reportou receita líquida 13,9% maior no período, mesmo com a queda no volume vendido, para R$ 5,14 bilhões.

A alavancagem financeira da companhia caiu a 2,2 vezes em real, de 3,8 vezes um ano antes e de 2,6 vezes no fim de junho.

A companhia afirmou que “os fundamentos do mercado de carne bovina continuam bastante atrativos para os exportadores da América do Sul”, com desequilíbrio entre oferta e demanda. “Além disso, não podemos deixar de ressaltar o ainda persistente surto de peste suína africana no continente asiático e parte da Europa, impulsionando a demanda global por proteína bovina.”

Dividendos

A Minerva (BEEF3) aprovou o pagamento de R$ 138 milhões em dividendos, mostra documento enviado ao mercado nesta terça-feira (3).

Segundo o documento, o valor bruto por ação será de R$ 0,2578327392, a ser pago no dia 13 de novembro.

As ações serão negociadas em “ex-dividendos” a partir do dia 9 de novembro.

Veja BEEF3 na Bolsa:

Minerva (BEEF3): cia passa de prejuízo para lucro no 2ºtri
https://youtu.be/zk4fs3OHOPI
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: